Lista de devedores divulgada em Junho pela Segurança Social

Junho marca a publicação de uma nova lista com mais 10 mil nomes de portugueses com dívidas à Segurança Social.

Lista de devedores divulgada em Junho pela Segurança Social
A listagem com 10.191 nomes será divulgada em Junho

A lista de empresas e particulares endividados, criada durante o governo de José Sócrates mas suspensa em 2013, retorna à baila em 2016, mais concretamente em Junho. A lista de devedores engloba entidades e particulares com dívidas entre os 25 mil euros e os 50 mil euros.

De acordo com o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, durante uma audição na Comissão Parlamentar do Trabalho e Segurança Social na passada quarta feira, foram identificados 1740 particulares e 8451 empresas. Já em Setembro arrancará uma segunda fase de recolha e listagem de devedores, que incluirá apenas empresas.

Também até ao final de 2016, será tornada pública, pela Segurança Social, a lista de devedores particulares com prestações em atraso de valor superior a 7500 euros e inferior a 25 mil euros. Prevê-se que mais de 20 mil portugueses se encontrem neste intervalo de endividamento àquele organismo do Estado. 

A lista, que será tornada pública dentro de dois meses, inclui apenas os endividados que já viram esgotadas todas as tentativas de cobrança e que não têm, em seu nome, património que possa ser utilizado na regularização da dívida, funcionando então como um último recurso no longo processo inerente a este género de irregularidades. 

Vieira da Silva referiu ainda que foram detetados 200 milhões de euros de prestações pagas indevidamente em 2015. Subsídios de desemprego atribuídos e pagos erradamente prefazem mais de metade deste valor. 

Veja também: