São Gotardo: vai abrir o maior túnel do mundo

Dezassete anos depois, o mais longo túnel do mundo vai finalmente inaugurar no próximo mês de junho e a festa vai ser de arromba.

São Gotardo: vai abrir o maior túnel do mundo
57 quilómetros em 17 anos de obra

Nos Alpes Suíços, o maior túnel ferroviário do mundo está prestes a ser inaugurado depois de 17 anos de obras. São 57 quilómetros de comprimento e 2,3 quilómetros de profundidade que atravessam os Alpes Suíços de um lado ao outro, aproximando as cidades de Erstfeld, no cantão de Uri, a Bodio, no cantão Tessino que, com esta obra, estão separadas por apenas 20 minutos.


Suíços e estrangeiros mais próximos

O troço ferroviário de São Gotardo foi inaugurado há 134 anos, em 1882, e já na altura foi considerado uma “verdadeira obra-prima”. No seu longo trajeto estão incluídas 205 pontes e sete túneis ferroviários a uma altura entre os 470 e os 1100 metros. Foi só em 1992 que, em referendo, os suíços aprovaram mais uma travessia onde se inclui este túnel que  atravessa o maciço de São Gotardo.

O túnel de São Gotardo não é caso único no mundo. Há no mundo túneis quase tão longos como este, nomenadamente, no Japão, o túnel de Seikan, que mede 53,9 km, o túnel da Mancha, que liga a França à Grã-Bretanha e tem 50,5 km e na Coreia do Sul, o túnel Yulhyeon, mede 50,3 km. Para 2025, está previsto está previsto o túnel de base do Brenner, que vai ligar a Áustria a Itália, num troço com 55,4 km de comprimento. Para 2030, está previsto o túnel de base do Monte d'Ambim, que vai ligar a Itália e a França, num troço com 57 km de comprimento. 

Sem o túnel de São Gotardo, atravessar os Alpes Suíços demorava mais de uma hora, agora, Erstfeld e Bodio estão agora a 20 minutos de distância, corta-se no tempo da viagem e nas diferenças linguísticas e culturais das regiões. Mas não são apenas os habitantes das duas cidades que beneficiam com este novo troço, todos aqueles que viajem entre países europeus, como a Alemanha, a Itália ou os Países Baixos também chegam mais cedo ao seu destino.

Para assinalar a inauguração de tão aguardada obra, está prevista uma festa popular que, entre outras iniciativas, disponibilizará bilhetes de comboio gratuitos. Os primeiros comboios começam a circular já nos próximos dias 4 e 5 de junho, numa fase experimental.


Os números do túnel de São Gotardo

Como já referimos, o túnel demorou 17 anos a ser construído e conta com 57 quilómetros de comprimento e 2,3 quilómetros de profundidade. Mas há mais números impressionantes! A obra custou 12.200.000.000 CHF, ou seja, o mesmo que a organização dos Jogos Olímpicos de Londres, empregou 2600 pessoas, a tuneladora que perfurou o maciço de São Gotardo mede 410 m, foram usados 4'000'000 m3 de betão e 3200 km de cabos de cobre. 
Noites nos Alpes Suíços em promoção >>
Veja também: