Mais uma empresa do Grupo Espírito Santo a anunciar insolvência

O Grupo Espírito Santo continua a ser notícia e não pelos melhores motivos. Há mais duas empresas que abriram falência, após um chumbo do Tribunal do Luxembrugo.

Mais uma empresa do Grupo Espírito Santo a anunciar insolvência
Grupo Espírito Santo continua a ser notícia

Após o chumbo do Tribunal do Luxemburgo ao pedido de gestão controlado do Espírito Santo Financial Group, foi noticiado hoje que esta empresa do Grupo Espírito Santo acaba de pedir insolvência, à semelhança da ESFIL - Espírito Santo Financière, também ela uma empresa do Grupo Espírito Santo.
Esta decisão surge após o chumbo do Tribunal, podendo ler-se em comunicado que "é expectável que o Tribunal do Luxemburgo passe uma ordem de insolvência e nomeie um ou mais receptores para as propriedades da ESFG e da ESFIL nas audiências de sexta-feira, dia 10 de outubro".

Tanto a ESFIL como a ESFG, são empresas consideradas suportes financeiros do Grupo Espírito Santo. O Tribunal do Luxemburgo justificou em declarações que “os processos relativos a gestão controlada são confidenciais, pelo que as instâncias judiciárias não podem prestar qualquer informação, apontando apenas que a decisão foi tomada após terem sido analisados os relatórios dos especialistas”.

O Tribunal do Luxemburgo justifica ainda que os pedidos de gestão controlada “são rejeitados quando, com base nos elementos apresentados, não houver qualquer evidência de que tal gestão iria melhorar progressivamente o normal exercício das empresas ou melhorar a sua situação a nível de activos”.

No entanto, a decisão de insolvência de uma e outra empresa foram tomadas separadamente, embora se trate de dois requerimentos de gestão controlada.


Veja também: