Simulador de Crédito - Milhares de Portugueses já experimentaram!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

SIMULAR

Medicamentos mais baratos

Numa altura em que só ouvimos falar de aumentos é bom saber que alguma coisa vai ficar mais barata. Foi publicado hoje numa portaria em Diário da República, entrando em vigor a partir de amanhã, que os medicamentos genéricos com preço superior a dez euros vão ter de passar a custar metade do fármaco de marca com a mesma substância activa.

Medicamentos mais baratos

De acordo com um diploma publicado em Diário da República, a partir de amanhã os medicamentos vão ficar mais baratos e a margem de lucro das farmácias e dos distribuidores irá diminuir.

As farmácias têm agora 3 meses para escoar medicamentos ao preço antigo, já os distribuidores grossistas dispõem de 60 dias.

Esta portaria veio regulamentar um decreto-lei de final de Novembro que determinou uma «baixa generalizada dos preços» para os utentes e uma poupança dos gastos públicos, no seguimento do acordo estabelecido com a troika.

Segundo o diploma, os preços "devem ser reduzidos até ao valor correspondente a 50% do preço máximo, administrativamente fixado, do medicamento de referência com igual dosagem e na mesma forma farmacêutica".

Além disso, ficou também estipulado que os preços serão revistos anualmente; e que são permitidas alterações dos preços autorizados, desde que para valores sempre inferiores ao estipulado e mediante comunicação prévia ao Infarmed e à Direcção-geral das Actividades Económicas.

Tendo em conta o prazo concedido às farmácias, só a partir de Abril é que se conseguirá sentir efectivamente esta redução de preços.