Simulador de Crédito - Milhares de Portugueses já experimentaram!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

SIMULAR

Menos desemprego?

Existem menos pessoas inscritas nos centros de emprego mas UGT acredita que número vai aumentar

Menos desemprego?

Em Novembro, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego diminuiu 0,7% em relação a Outubro. De acordo com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), o número de desempregados situa-se nos 546.926.

 

Apesar de a UGT e a Frente Sindical Pública aplaudirem esta redução, encaram estes números com precaução e concluem que ainda há muito a resolver e acreditam que no próximo ano ainda vai aumentar.

 

Esta diminuição do desemprego pode ser explicada pelas contratações temporárias neste período do Natal que aumentou mais de 15%, especialmente, no grande consumo e sector têxtil.

 

Nesta época festiva o que é mais procurado são colaboradores de apoio em lojas, recepcionistas e contabilistas.

 

Todos os anos, o mês de Dezembro e a primeira metade de Janeiro são recheados de novos contratos temporários, seja para cobrir férias do pessoal efectivo, seja para contratar vendedores devido à maior procura nesta altura, ou então para cumprir compromissos que muitas empresas têm de garantir até 31 de Dezembro, e aqui insere-se especialmente a contratação de contabilistas.

 

Já que há uma maior procura dos consumidores especialmente no sector do retalho para a compra de presentes de Natal, há que contratar mais pessoas para fazer face à elevada procura. Esta corrida às lojas é muito benéfica em termos de facturação para as empresas, até porque algumas facturam quase metade da sua facturação anual. Portanto esta altura do ano é a fase chave para muitas delas.