Mudança no subsídio de Natal baixa valor mensal das pensões

O valor mensal das pensões será menor já a partir de janeiro, devido a mudanças no pagamento do subsídio de Natal.

Mudança no subsídio de Natal baixa valor mensal das pensões
Em termos anuais, o rendimento sobe.

Com a entrada em vigor do Orçamento de Estado para 2017, o Governo introduziu algumas mudanças no pagamento de subsídios. Uma delas diz respeito ao pagamento em duodécimos do subsídio de Natal que, este ano, será realizado apenas em 50% - os restantes 50% serão pagos na totalidade, no final do ano. Uma “quebra” com um efeito bem mais forte do que o aumento de 0,5% introduzido nas pensões pelo Governo. É por isso que, de dezembro para 2016 para janeiro de 2017, o valor mensal das pensões irá descer.

Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, referiu que esta se trata de uma "redução transitória", "o caminho para a reposição da normalidade" que é o pagamento do subsídio de Natal dos pensionistas por inteiro no final do ano.

De acordo com simulações realizadas pela PwC, a pedido do Jornal de Negócios, a quebra que será sentida em janeiro será de 3,37%, no caso das pensões mais baixas. Já as simulações da Segurança Social apontam para conclusões semelhantes.

A redução do valor mensal das pensões tem criado alguma confusão aos pensionistas e, por isso, com o objetivo de clarificar esta situação, o Governo anunciou que vai enviar uma carta a todos os reformados, sejam da CGA sejam da Segurança Social a explicar o que vai acontecer às pensões.

De uma forma geral, garantiu o ministério da Segurança Social, "o valor total de pensões em 2017 será superior para todos os pensionistas, com excepção dos pensionistas casados, único titular, com pensão entre 842,64 euros e 1.205 euros".


Veja também: