Estes foram os nomes mais populares de 2016

Há novidades e permanências no top dos nomes mais populares de 2016: conheça todas as preferências nacionais.

Estes foram os nomes mais populares de 2016
Um Portugal de Santiagos e Marias

Os nomes mais populares de 2016 em Portugal foram Santiago, para rapaz, e Maria, para rapariga. Se no caso masculino, assistimos ao destronar de João (em primeiro lugar durante 3 anos), no caso feminino a tendência das Marias mantém-se.

Santiago e Maria: os nomes mais populares em Portugal, em 2016

Durante o ano passado, o Instituto dos Registos e do Notariado (IRN), assinalou 85426 registos de crianças, sendo que foram cerca de 4000 os nomes escolhidos. Para as meninas, o top 10 manteve-se inalterado, ainda que se tivessem registado algumas trocas de posições. Maria está em primeiro lugar, de forma muito firme, pois foram 5640 as meninas registadas com Maria para primeiro nome, apresentando uma distância considerável para o segundo nome mais escolhido que foi Matilde, com 1835 registos.

No top 10 das meninas, há a assinalar que a letra M inicial surge em primeiro lugar, com Maria (1º lugar), Matilde (2º lugar), Mariana (6º lugar) e Margarida (10º lugar). Já as letras mais recentemente introduzidas no nosso alfabeto aparecem com um número bastante considerável de ocorrências como Yasmin (249 vezes), Yara (248 vezes) ou Kyara (163 vezes).


O top 10 dos nomes para meninas

  1. Maria
  2. Matilde
  3. Leonor
  4. Carolina
  5. Beatriz
  6. Mariana
  7. Ana
  8. Sofia
  9. Inês
  10. Margarida

No top 10 dos meninos registados em 2016, o vencedor, Santiago, destronou João que era o líder desta tabela há já 3 anos consecutivos. Houve, no ano passado, o registo de 2084 rapazes com o primeiro nome Santiago, sendo que o nome João foi escolhido 1773 vezes. O nome Duarte, escolhido 1177 vezes, é uma reentrada no top 10, o que representa a saída do nome Guilherme (14ª posição), escolhido 1042 vezes.


O Top 10 dos nomes para meninos

  1. Santiago
  2. João
  3. Francisco
  4. Rodrigo
  5. Martim
  6. Afonso
  7. Tomás
  8. Miguel
  9. Duarte
  10. Gabriel

Estes números não significam que haja falta de originalidade na escolha dos nomes em Portugal, na verdade, há mais de 3000 nomes que foram registados apenas uma vez. Porém, a maior parte desses nomes parece estar associada a outras nacionalidades ou línguas, como Yile (nome feminino) ou Yixun (nome masculino).

Há nomes na lista dos registos do IRN que já foram bastante populares e que parecem estar a cair em desuso. Por exemplo, o nome Sandra foi registado apenas 12 vezes e Lurdes apenas 2 vezes, em 2016. No caso dos meninos, os nomes Rogério e Agostinho foram registados apenas sete vezes cada um e Alberto apenas 11 vezes.

Veja também:

Continuar a Ler