Nowo revoluciona o mercado das telecomunicações

Nowo revoluciona o mercado das telecomunicações

Low cost e à la carte.

Lembra-se da Cabovisão? Trate-a por Nowo. A “nova” operadora de telecomunicações mudou de nome e pretende mudar o mercado das telecomunicações.

Esqueça as fidelizações de 2 anos, os pequenos asteriscos nos contratos ou os pacotes de serviços que raramente utiliza. Segundo a Nowo, tudo isso passará a fazer parte do passado. A nova operadora de telecomunicações em Portugal nasceu das “cinzas” da Cabovisão e pretende romper com o atual paradigma do mercado. Como? Através de um serviço low cost e à la carte. Tudo com o objetivo de duplicar o número de clientes para 400 mil e garantir uma fatia de 10% das receitas do mercado de telecomunicações nos próximos dois anos.

Segundo Miguel Veiga Martins, presidente executivo da marca, a Nowo pretende “romper o status quo” e “trazer mais justiça” ao mercado de telecomunicações que, neste momento se encontra “saturado e dominado por pacotes”, “onde ninguém pode escolher o que quer e onde todos pagam por serviços indesejados”.

A estratégia da Nowo passa por oferecer mais liberdade ao cliente permitindo a escolha personalizada de serviços sem que este tenha de pagar por “pacotes pré-definidos”. A oferta base possui um serviço mínimo de internet de 100 Mbps a partir de 19,99 euros/mês e ainda 33 canais analógicos de televisão sem qualquer custo adicional. A partir daqui, o utilizador pode construir o seu pacote, adaptado as suas necessidades. Pode pagar para ter uma maior velocidade, telefone fixo ou móvel, canais digitais e canais premium… 

A fidelização mais longa é de 12 meses (a legislação permite um máximo de 24 meses) e, nestes contratos, a empresa assegura que a instalação do serviço é gratuita. Já nas fidelizações de seis meses, para o pacote base, a instalação custa 30 euros e, no caso de não se pretender fidelizar, a despesa é de 50 euros.

Quer descobrir se tem cobertura ou simular quanto é que necessitaria de pagar no final de cada mês? Aceda ao site oficial da Nowo.


Veja também: