O mercado do gás e da electricidade está a mudar!

O mercado do gás e da electricidade mudou e os portugueses têm agora mais opções de escolha. No entanto, ainda há players no mercado a exigir fidelização nos contratos.

O mercado do gás e da electricidade está a mudar!
A concorrência neste mercado veio trazer novas regras

Muitas têm sido as alterações no último ano no mercado do gás e da electricidade. A liberalização do sector fez com que os portugueses se vissem obrigados a olhar para os fornecedores de uma outra forma, tendo finalmente hipótese de optar.

Segundo um estudo realizado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), os portugueses dispõe no mercado liberalizado de oito comercializadores de electricidade e quatro de gás natural.

O fim dos períodos de fidelização

A grande notícia é que a concorrência trouxe algumas alterações e permitiu que a maioria das empresas de gás natural e electricidade abandonasse as cláusulas com períodos de fidelização obrigatórios para todos os clientes.

Apesar disso, as cláusulas de fidelização ainda são praticadas por pelo menos três dos oito players de electricidade no mercado, e por apenas um dos quatro players de gás natural. Em declarações à TSF, Eduardo Teixeira, da ERSE, acredita que o “o mercado está mais transparente”. Já a DECO assegura que “a eliminação das cláusulas de fidelização era uma ambição antiga da associação e que está agora a ser concretizada”, conclui.


Veja também: