O problema do crédito

Segundo Céline Motte, directora-geral da Cofidis, o real problema do crédito está nas adversidades tipicas da vida: divórcio, doença, desemprego.

O problema do crédito

A Cofidis aos poucos foi-se estabelecendo no mercado português, enfrentando o seu principal concorrente - o Cetelem. 

Através de parcerias com lojas como Staples, Moviflor e outras lojas onde se comercializam produtos a crédito e prestações, além de crédito para obras e crédito para formação, a Cofidis foi conquistando o seu lugar.

A instituição de crédito consegue perceber que o crédito ao consumo diminuiu bastante, além disso, já antes da crise que se verificavam menos  portugueses a pedirem créditos excessivos. 

A estratégia no caso de incumprimento do crédito é sempre negociar prazos, negociar taxas, aconselhar uma formação. Com a nossa economia tão instável, o sobreendividamento é uma natural consequência que é agravada por factores como o desemprego, a doença, o divórcio, entre outras adversidades.