AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

O que está a dar é trabalhar na Virgin e tirar férias quando quiser

A Virgin quer aumentar a produtividade dos seus funcionários e resolveu dar-lhes um benefício: a partir de agora podem tirar férias quando quiserem e durante o tempo que quiserem.

O que está a dar é trabalhar na Virgin e tirar férias quando quiser
Na Virgin tire férias quando quiser e durante o tempo que quiser

Não há nada como ter bons empregos e os mesmos não se fazem só por ter bons ordenados. A notícia avançada pode parecer insólita, mas é real. Richard Branson, o fundador da Virgin e que tem a seu cargo 170 colaboradores, revela que os mesmos vão poder passar a tirar férias quando quiserem, sem limite de tempo e sem ter de pedir autorização. No entanto, a única condição desta ideia que parece ser de sonho, é o facto da sua ausência não por em causa a continuidade das operações.

Com uma fortuna avaliada nos quatro mil milhões de euros, Richard Branson tem um leque de colaboradores que se dividem entre “colaboradores que trabalham no escritório familiar de Branson, a sua equipa de investimento, marketing, relações públicas e a fundação Virgin Unite. Já quem trabalha em empresas como a Virgin Active ou a Virgin Atlantic não terão acesso a estes benefícios”.
O empresário considera que esta medida é um exemplo a seguir e que tem como principal objectivo aumentar a produtividade.

"Não há necessidade de pedir aprovação prévia, e não se pede aos empregados nem os seus chefes que contabilizem quantos dias estão ausentes do escritório, porque vamos deixar que o staff da Virgin tire as férias que quiser, revela, acrescentando ainda que “deixa-se ao critério do empregado a decisão de se e quando quer tirar algumas horas, um dia, uma semana ou um mês de férias, sendo que a premissa é de que só o farão quando se sentirem 100% confortáveis de que eles e a sua equipa estão em cima de todos os projectos e de que a sua ausência não irá prejudicar o negócio - ou as suas carreiras!", conclui.


Veja também: