Quer receber a melhor informação sobre impostos ?

Inscreva-se já e receba todas as dicas e notícias atualizadas ao minuto.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

Enviar

O que fica depois da Troika?

Assinalou-se ontem a saída da Troika de Portugal, mas será que será uma saída definitiva? E o que fica depois da Troika? São estas algumas das questões que ainda pairam na cabeça dos portugueses.

O que fica depois da Troika?
A Troika disse finalmente adeus a Portugal

Após três anos de luta, a Troika saiu ontem oficialmente de Portugal, deixando para trás um plano apertado de resgate internacional. A boa notícia é que o país consegue sair deste programa sem ser necessário seguir um programa cautelar. 12 avaliações depois, o Governo e a Troika conseguiram chegar a um patamar que intitulam de “sucesso”. Já a oposição e os sindicatos garantem que o país ficou bem pior do que quando pediu ajuda internacional.

O pedido de ajuda externa aconteceu ainda em 2011 com o então Primeiro-ministro José Sócrates. Depois da crise política despoletada e do PSD ter assumido os comandos da Governação, Portugal teve de passar por terríveis medidas de austeridade para conseguir garantir o financiamento de 78 mil milhões de euros. 

O pós-troika

Mesmo com o anúncio da saída da Troika de Portugal, o Governo irá manter um pacote de austeridade já anunciado para 2015. Segundo palavras do FMI, “reconhecemos que o impacto da austeridade foi maior do que o previsto”. 

A verdade é que a austeridade contribuiu para o forte empobrecimento das famílias portuguesas, aumentou os impostos e fez com que o desemprego atingisse máximos históricos. 
Depois da troika, será que voltaremos ao que eramos dantes?


Veja também: