AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Os Engenheiros estão a abandonar Portugal

Desde 2011 que cerca de dois mil engenheiros deixaram o país à procura de um sítio melhor para seguir carreira, algo que tem vindo a ser comum a várias profissões.

Os Engenheiros estão a abandonar Portugal
Falta de emprego em Portugal leva engenheiros a sairem do país

Segundo dados da Ordem dos Engenheiros, 2011 que cerca de dois mil engenheiros decidiram deixar o país e procurar uma vida melhor além-fronteiras. Números que se somam a tantos outros portugueses nas mais variadas profissões que decidiram seguir o mesmo rumo.

A notícia avançada hoje revela que a maioria dos engenheiros que saíram do país foram para o Brasil (cerca de 400), mas a verdade é que durante o primeiro semestre deste ano, “foi para Angola que se dirigiu o maios fluxo destes profissionais”.

Segundo declarações de Fernando Almeida Santos, presidente da Ordem dos Engenheiros da região Norte, “as saídas não são preocupantes quando se inserem numa lógica de internacionalização, mas o mesmo já não se pode dizer quando se trata de emigração”, acrescentando ainda que “a internacionalização é o que tem sucedido com os engenheiros mais experientes, que rumam muito a África ou o Brasil, geralmente de áreas como a construção civil, ligadas às energias ou ao petróleo, que assumem obras importantes, levam consigo tecnologia e know-how que adquiriram cá e, depois, regressam".

Já os engenheiros emigrantes, o panorama é mais complicado, uma vez que “corresponde à perda de cérebros, de jovens recém-licenciados, em áreas ligadas às novas tecnologias e informática, que rumam ao Norte da Europa".


Veja também: