Conheça o país onde se morre mais por causa de selfies

Com a proliferação dos smartphones, a moda das selfies veio definitivamente para ficar: mas, cuidado, tirar sefies pode mesmo matar.

Conheça o país onde se morre mais por causa de selfies
Quando algo divertido se torna perigoso

Tirar selfies é uma atividade cada vez mais comum: desde que os telemóveis inteligentes começaram a disponibilizar essa funcionalidade que os seus utilizadores se divertem e distraem a tirar fotografias a si mesmos.

A Índia é o país com mais mortes causadas por selfies

Distração pode ser mesmo a palavra-chave nesta notícia: ao procurarem a foto perfeita, algumas pessoas acabam mesmo por ficar tão distraídas que se colocam em situações fatais.

Segundo investigadores na Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos da América, cerca de 60% das mortes registadas por pessoas que se colocaram fatalmente em risco a tirar selfies ocorreram na Índia.

smartphone

O caso é tão grave que as autoridades locais têm colocado sinalética a advertir os turistas para os perigos dos locais onde mais se têm registado esses acidentes fatais. Os turistas são, aliás, as vítimas mais frequentes destes acidentes.

Das mortes registadas na Índia, cerca de 90% aconteceram junto à água, enquanto que nos restantes países estudados, as mortes ocorreram principalmente em precipícios e montanhas.

De referir também que a maior parte das mortes – 70% – ocorreram a pessoas com menos de 24 anos e 75% eram homens.

selfie

O estudo intitulado Me, Myself and My Killfie: Characterizing and Preventing Selfie Deaths foi realizado em parceria com uma universidade indiana: Indraprastha Institute of Information Technology Delhi e analisou as mortes registadas como resultado de selfies entre março de 2014 e setembro de 2016.

Veja também: