Polícia uniformizou preços de vários serviços

Esqueceu-se das chaves de casa? Prepare-se para pagar 15 euros à polícia…

Polícia uniformizou preços de vários serviços
Alguns eram gratuitos.

No passado dia 11, a polícia portuguesa uniformizou o preço de vários serviços devido a um “acréscimo substancial do número de pedidos de cedência de animais, equipamentos e infraestruturas das forças de segurança e de solicitações de prestação de serviços, para fins que não decorrem diretamente da missão policial”.

A justificação surge numa portaria entregue pelos ministérios das Finanças e da Administração Interna onde ficou definida a tabela de preços para os serviços realizados pela polícia.

Imagine que se esqueceu das chaves de casa e que precisa de arrombar a porta. Nestas situações, a polícia necessita de estar presente para assistir ao processo – um serviço que, até então, era gratuito. Neste momento, para além do pagamento do serviço aos bombeiros, terá ainda de pagar 15 euros à polícia, que vai apenas assistir. Mas este é apenas um exemplo…

A cedência de um cão custará 75 euros por dia; o empréstimo de grades de ordem pública terá um preço de 2,50 euros por unidade/dia ; a cedência de um cavalo custará 100 euros por dia; 20 euros por um veículo ligeiro e 40 euros por um pesado; 40 euros pelo fardamento; 150 euros pelo aluguer de um auditório; 20 euros à hora pela utilização da carreira de tiro…

Uma longa lista de serviços já cedidos há vários anos mas que só agora viram o seu preço ser uniformizado.


Veja também: