Publicidade:

Portugal é um país preocupado com as alterações climáticas

As alterações climáticas têm assumido uma forte importância nos últimos anos e Portugal vai fazendo tudo para reduzir os fortes impactos das mesmas.

Portugal é um país preocupado com as alterações climáticas
Mas ainda longe do necessário

Portugal ficou em 18.º lugar no Índice de melhores Práticas Climáticas apresentado na 23ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas que decorreu em Bona, na Alemanha. Um 18.º lugar que, virtualmente, corresponde ao 15.º lugar. Confuso? É que os três primeiros lugares ficaram vazios, por não haver “nenhum país merecedor do pódio no que respeita à proteção do clima”. De qualquer modo, Portugal assume-se como um bom exemplo a seguir na área das alterações climáticas.

Alterações climáticas têm-se feito sentir

Portugal ficou na 18.º posição de um ranking que analisa 56 países, recebendo a classificação “alta”. Um lugar alcançado através do “conjunto mais recente de estatísticas fornecidas pela Agência Internacional de Energia” que remete para 2015, uma vez que é o último conjunto de dados disponível.

Apesar do lugar alcançado por Portugal, os indicadores mostram que o país ainda está “longe do necessário” para que o aquecimento global seja inferior a 2º C. No que diz respeito às emissões per capita de gases com efeito de estufa, incluindo o uso do solo e a florestação, Portugal “já deveria ter emissões por pessoa um pouco inferiores às verificadas em 2015”.

Para além disso, o facto de Portugal ter demonstrado uma “maior ambição” à escala europeia para cumprir as metas no que respeita à eficiência energética, mereceu uma “avaliação muito favorável dos peritos, que posicionaram o país em 4º lugar”.

Veja também: