Segurança Social alargou prazos para trabalhadores independentes pagarem contribuições

Os trabalhadores independentes já podem pagar as suas contribuições até dia 15 de Janeiro. O prazo inicialmente estipulado foi alargado pela Segurança Social.

Segurança Social alargou prazos para trabalhadores independentes pagarem contribuições
Prazo foi alargado até dia 15 de Janeiro

A polémica em torno dos trabalhadores independentes que se tem gerado nos últimos dias tem dado origem a diversas notícias, mas sabe-se hoje que o Instituto da Segurança Social alargou o prazo de pagamento das contribuições dos trabalhadores independentes.
Desta forma, quem trabalha a recibos verdes já poderá pagar a sua contribuição ou pedir a mudança de escalão entre 20 de Dezembro e 15 de Janeiro.

Esta decisão veio “alargar os níveis de isenção de pagamento de contribuições, dos anteriores quatro IAS para seis IAS (o chamado indexante de apoios sociais que está fixado actualmente em 419,22 euros). Esta alteração de valores obrigou a mudanças nos escalões e a um reposicionamento dos contribuintes face ao seu rendimento”.

A verdade é que até a data, muitos dos trabalhadores independentes ainda não tinham solicitado a mudança de escalão, o que fez com que o Instituto da Segurança Social optasse pelo alargamento do prazo.

Segundo os dados avançados pela Segurança Social, só em Portugal existem cerca de 710 mil portugueses que estão isentos do pagamento de contribuições, uma vez que “não atingem os seis IAS, sendo que no ano anterior tinham sido 660 mil”.


Veja também: