Procura imobiliária já é maior no Porto do que em Lisboa

O Porto conseguiu, este ano, o primeiro lugar no pódio das cidades portuguesas com maior procura imobiliária: Lisboa e Faro ocupam os 2º e 3º lugares.

Procura imobiliária já é maior no Porto do que em Lisboa
O Porto continua a estar em alta

Pela primeira vez, em 2017, a procura imobiliária é maior no Porto do que em Lisboa. Os dados são do Gabinete de Estudos da Associação de Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária em Portugal (APEMIP).

porto

Porto no 1º lugar da procura imobiliária em Portugal

De acordo com os dados da APEMIP, a subida registada pela procura imobiliária no distrito do Porto é de mais de 17% desde 2014. Os valores atingidos este ano – 39,6% – no Porto são claramente superiores aos registados em Lisboa – 23,1% – e em Faro – 11,2%.

Apesar de os números serem impressionantes, os presidente daquela associação não se mostrou surpreendido, uma vez que a retoma do setor imobiliário, que já se fazia sentir em Lisboa, acabou por se deslocar naturalmente para o distrito do Porto.

Luís Lima, o presidente da APEMIP, explica este fenómeno com a ausência de ativos, mas também com o facto de o mercado imobiliário em Lisboa, que ocupava anteriormente o topo da procura imobiliária nacional, se ter tornado mais caro. A deslocalização processou-se naturalmente para o Porto a acompanhar todo o desenvolvimento que a cidade tem vindo a registar nos últimos anos.

Numa fase posterior, Luís Lima afirma que o interesse imobiliário se transferirá para outras regiões, o que promoverá, nas palavras deste responsável, “uma maior descentralização do investimento imobiliário para locais que apresentam boas perspetivas de investimento”.

O crescimento registado neste setor económico, não só no Porto como genericamente em todo o país, tem sido evidente, atingindo mesmo os 30% – um crescimento que representa boas notícias para a economia nacional.

Veja também: