Qual é o povo que mais rouba nos hotéis?

Chinelos e papel de carta são dos produtos mais roubados pelos turistas nos hotéis. Mas quais são as nacionalidades que mais roubam?

Qual é o povo que mais rouba nos hotéis?
Há três países europeus entre o top 5 dos que mais roubam
  • Os chinelos são um dos artigos mais roubados

Quem é que não costuma levar os produtos de higiene dos hotéis? A verdade é que não há problema algum nesse gesto, uma vez que este tipo de produtos são oferta ou, de certa forma, já estão incluídos no preço. O que já não é tão politicamente correto é o fato de muitos turistas levarem outro tipo de coisas dos hotéis às quais não têm direito.

Um estudo agora divulgado pelo Hotels.com revela quais as nacionalidades dos turistas que mais roubam nos hotéis e quais os produtos que são mais apreciados. 

Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si a informação sobre lazer mais relevante.
Segundo a notícia avançada, há turistas que conseguem roubar tudo aquilo que não estiver “pregado” a algum sítio, levando para casa muito mais do que “as habituais recordações”.

Este estudo feito pelo Hotels.com perguntou a cerca de cinco mil utilizadores “se alguma vez roubara, algum artigo de hotel e o que levaram”.

Quando foram analisar as respostas, as mesmas foram absolutamente surpreendentes.
No top 5 das nacionalidades que mais roubam encontramos os argentinos em primeiro lugar, com 73% das respostas dos turistas a admitirem que costumam roubar em quartos de hotéis. Em segundo lugar está Singapura, seguindo-se três países europeus: Espanha, Alemanha e Irlanda.

Neste estudo sabe-se que para além dos chinelos de quarto, outro dos produtos mais roubados é o papel de carta.

Sabe quais são os turistas que menos roubam nos hotéis? Aqueles que são naturais da Noruega, Coreia do Sul, Hong Kong e Dinamarca.


Veja também: