Reformar-se? Só a partir dos 66 anos e dois meses

Reformar-se antes dos 66 anos e dois meses? Só será possível até 2016, porque a partir desse ano as regras serão outras. Saiba quais.

Reformar-se? Só a partir dos 66 anos e dois meses
Em 2016 a idade da reforma vai mudar

Se a idade da reforma já tem sido um tema controverso dentro do Executivo de Passos Coelho, a polémica torna a vir ao de cima novamente. Segundo o último diploma publicado, a idade da reforma passa, em 2016, para os 66 anos e depois meses. À luz desta nova notícia avançada, “a nova fórmula de cálculo tem em conta o novo factor de sustentabilidade, que reflecte a evolução demográfica e a esperança média de vida”.

Desde o início do ano que o Governo resolveu alterar as regras de cálculo do factor de sustentabilidade, o que influenciou todo o cálculo restante da reforma. “O factor passou a ser calculado com base na relação entre a esperança média de vida aos 65 anos em 2000 (até então a referência era o ano de 2006) e a esperança média de vida no ano anterior ao pedido da reforma”.

Para todos aqueles que pretendem pedir a reforma antes dos 66 anos, o factor de sustentabilidade das pensões de velhice do regime geral de segurança social atribuídas em 2015 é de 0,8698.

Relativamente às pensões por invalidez, o Diploma Publicado em Diário da República fixa o factor de sustentabilidade em 0,9383. Estas valores são para pensões por invalidez “atribuídas por um período igual ou inferior a 20 anos, transformadas em pensão de velhice em 2015”.

Em suma, quando pensar em reformar-se, lembre-se que a partir de 2016 só o poderá fazer depois dos 66 anos e dois meses!


Veja também: