Rendas podem vir a ter mais benefícios quando deduzidas no IRS

Os inquilinos querem mais condições no que respeita às deduções das rendas no IRS, sendo que mais recentemente o tema foi levantado pela Associação de Inquilinos Lisbonenses.

Rendas podem vir a ter mais benefícios quando deduzidas no IRS
A Associação de Inquilinos está a contestar benefícios
  • O objectivo é ter condições igualitárias aos senhorios

A Associação de Inquilinos Lisbonenes, na voz do seu director, António Machado, tem vindo a bater-se por melhorar as condições dos inquilinos. Em causa está a ideia de que as facturas das rendas possam ser dedutíveis em sede de IRS. O director alega que os proprietários “deverão ver aumentado o número de despesas a apresentar anualmente, como previsto na proposta de alteração ao código do IRS” e, por isso, os inquilinos deviam poder apresentar os comprovativos de pagamentos das rendas e deduzi-los para contrabalançar o benefício da propriedade”, assegura. No entanto, António Machado vinca ainda que “tem de haver um equilíbrio. Se o senhorio vai fazer reflectir mais despesas no IRS, fica com mais dinheiro disponível. Eu também quero do meu lado (como inquilino) ficar com mais dinheiro disponível e deduzir no IRS”.

Estas declarações aconteceram no âmbito de uma conferência intitulada “Habitação, Arrendamento e Propriedade Urbana” e assumiram também que a Associação de Inquilinos considera que o Governo está “preocupado com as facturas do café, mas não aceita os comprovativos de rendas para dedução”.

Na óptica de António Machado, tem de haver mais regulamentação desta área, de forma a ninguém sair prejudicado, tanto inquilinos como senhorios.


Veja também: