Sabia que é possível viver sem gastar dinheiro?

Assustada com o consumismo a que a sociedade está vergada, uma jornalista conseguiu viver um ano sem gastar dinheiro. Algo que parece impossível mas que aprópria explica no seu livro já publicado.

Sabia que é possível viver sem gastar dinheiro?
Jornalista conseguiu viver um ano sem gastar dinheiro

Quando julgamos que há coisas impossíveis, eis que surge sempre alguém para nos provar o contário. Desta vez foi a jornalista freelancer de 30 anos que conseguiu viver um ano sem gastar dinheiro. A notícia pode parecer surreal, mas não é. Greta Taubert queria saber como seria possível viver caso se desse um colapso no sistema económico e, para tal, tomou a decisão de abdicar da sociedade de consumo durante cerca de um ano.


Como se vive sem dinheiro?

Num testemunho em livro já publicado, a jornalista relata que viver um ano sem dinheiro significa trocar roupa em lojas de segunda mão, cultivar alimentos numa horta comunitária e criar os produtos de higiene em casa, como por exemplo o desodorizante, cremes de rosto ou a pasta de dentes. “Era tudo 100% orgânico, mas comecei a parecer-me como um Neandertal. Os meus amigos disseram-me: 'agora estás a ir longe de mais'”, referiu.

Segundo a jornalista, esta ideia surgiu depois de ter passado uma tarde em casa da avó, perante uma mesa cheia e de depois de lhe ter pedido leite a avó lhe ter trazido também um conjunto de preparados para adicionar ao mesmo.

Esta atitude fê-la pensar na quantidade de coisas que por vezes consumimos sem necessidade. Greta revelou que “há cada vez mais pessoas a aderirem à tendência de menos é mais, multiplicando-se nos sites de partilha de comida e de outros bens. Na Alemanha, em 2012, quase sete milhões de toneladas de comida acabaram no lixo, o equivalente a 81,6 quilogramas por pessoa”, adianta a jornalista, concluído que "hoje, tento incorporar na minha vida diária o que aprendi durante este ano, mas estou feliz por já não viver de forma tão radical".


Veja também: