Quer receber a melhor informação sobre impostos ?

Inscreva-se já e receba todas as dicas e notícias atualizadas ao minuto.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

Enviar

Saiba quanto é que os portugueses já “deram” ao fisco

O facto das finanças não actualizarem a idade e o valor da construção dos imóveis, levou os portugueses a pagarem mais de IMI ao fisco do que era suposto. A denúncia é da DECO, que já pediu uma audiência à Ministra das Finanças.

 Saiba quanto é que os portugueses já “deram” ao fisco
Portugueses estão a pagar mais IMI do que é suposto

É notícia esta quarta-feira que os portugueses já financiaram mais o fisco do que deviam. Os dados são avançados pela Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores (DECO) que revela que os portugueses já pagaram mais oito milhões de euros de IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) ao Estado do que seria suposto.

Este excesso de financiamento ao fisco deve-se essencialmente ao facto das finanças não terem atualizado a idade e o valor das casas. Segundo a DECO, estes dados surgem de 328 mil simulações feitas até 8 de Julho e que revelam que a falta de actualização da idade e do valor da construção dos imóveis já obrigou os portugueses a pagarem mais 8 milhões do que o suposto.

Considerando esta situação “muito grave”, a DECO viu-se obrigada a pedir uma audiência à Ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque. Segundo avança a Associação, “o objectivo era apresentar-lhe estes resultados e solicitar que dois parâmetros do cálculo do IMI - a idade do imóvel e o preço por metro quadrado - sejam automaticamente actualizados, mas o Governo parece querer ignorar uma situação que penaliza os contribuintes em milhões de euros todos os anos”, refere a DECO.

De ressalvar que até ontem a DECO ainda não tinha conseguido obter qualquer resposta por parte da Ministra das Finanças.

No site desenvolvido pela DECO, já é possível aos contribuintes saberem o valor patrimonial do seu imóvel, conseguindo assim simular o valor correcto e perceber se estão ou não a pagar impostos a mais ao fisco. Este simulador está activo desde Fevereiro do ano corrente.


Veja também: