Santander Totta com 210 bolsas de estudo

Podem candidatar-se estudantes, professores e investigadores. Apoio total atribuído pelo Santander é superior a 500 mil euros.

Santander Totta com 210 bolsas de estudo
Programa Bolsas de Mobilidade já está a decorrer

Durante este ano, o Santander Totta vai disponibilizar 210 bolsas de mobilidade para estudantes, professores e investigadores em países ibero-americanos.

Esta nova edição do Programa de Bolsas de Mobilidade contempla um investimento superior a 500 mil euros.

O programa do Santander Totta já está a decorrer e abrange 22 universidades e institutos politécnicos em todo o país.

Segundo o banco, o objetivo deste projeto passa por fomentar o intercâmbio de alunos e investigadores entre universidades dos dois continentes, sendo que cerca de 1500 estudantes já tiveram a oportunidade de ter uma experiência ao abrigo deste programa que chega a 10 países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Perú, Portugal, Porto Rico e Uruguai.

No nosso país, existem dois programas para alunos de licenciatura e mestrado, nomeadamente o Programa de Bolsas Luso-Brasileiras e o Programa de Bolsas Ibero-Americanas, com um intercâmbio de meio ano. Já os professores e investigadores podem candidatar-se ao Programa de Bolsas Santander Investigação, que dá acesso a projectos de dois a quatro meses.

As candidaturas podem ser formalizadas junto dos gabinetes de relações internacionais de cada universidade associada.

Veja também: