Sector automóvel a decair

Com a actual crise, nenhum sector escapa, e o sector automóvel que o diga. Dos novos aos usados, todos sentem os efeitos devastadores da crise, colocando assim em causa milhares de postos de trabalho.

Sector automóvel a decair

Nos primeiros 4 meses do ano registou-se uma quebra de cerca de 50% na venda de carros novos, no entanto, esta queda já dura há 16 meses.

Mas o sector dos carros usados não fica atrás e os empresários revelam-se bastante preocupados com o negócio, pois não sabem até quando vão conseguir aguentar.

Além dos menores rendimentos dos portugueses que levam a um menor consumo, há ainda o problema de os clientes não terem acesso facilitado ao crédito automóvel.

Tendo em conta que poderão estar em causa 20 mil empregos, a associação do sector automóvel vai propor uma linha de créditos especifica para o sector.

Para quem procura crédito para comprar um carro existem três opções: ‘leasing', aluguer de longa duração (ALD) e crédito automóvel.

O leasing é a opção mais barata e o crédito é a que se revela mais dispendiosa, no entanto, poderá ver as principais diferenças entre estas formas de financiamento no artigo Financiamento Automóvel.