Smartphones low cost prontos para arrancar

A marca indiana Ringing Bells, produtora de smartphones low cost, prepara-se para atacar o mercado com novos modelos.

Smartphones low cost prontos para arrancar
O modelo mais caro custa 60€

A Ringing Bells, depois dos sucessos anteriores na colocação de equipamentos de baixo custo no mercado, apresenta agora seis novos modelos de telefone e ainda um televisor LED. Uma ideia que está a entusiasmar todos aqueles que não gostam de dispender as suas economias abruptamente e preferem optar por produtos mais em conta.

O smartphone mais caro desta nova nova gama é o Elegance. Custa 60 euros e é um modelo muito parecido ao Elegant, modelo que também faz parte deste lote de novidades. A grande diferença encontra-se na bateria de 2.800 mAh.
O telefone custa 4.499 rupias (cerca de 60 euros) e contem ecrã IPS HD de 5 polegadas, processador quad-core a 1,3 GHz, 1 GB de memória RAM, Android 6.0 e câmaras de 8 e 3,2 MP (flash LED e vídeo Full HD), entre outras especialidades.

De acordo com o site indiano Tech 2 no Twitter, entre os novos lançamentos estão também outros quatro telemóveis: os modelos King, Boss, Raja e Hit têm preços entre os 9,34 e os 14,70 euros.
Estes modelos, embora o seu baixo custo possa gerar natural desconfiança aos consumidores, está a deixar a maioria de todos aqueles que optam pelos seus serviços, surpreendentemente, muito satisfeitos.

Esta marca indiana ganhou todo o seu protagonismo quando ficou conhecida em todo o mundo ao lançar o Freedom 251, um smartphone com um preço de 3,3 euros (conversão direta de rupias para a moeda europeia). Um preço subsidiado pelo Governo indiano.

A Ringing Bells aproveitou ainda esta janela de oportunidade para dar conhecimento aos seus seguidores que já se encontra pronto um novo lote de 5 mil unidades deste bem sucedido dispositivo eletrónico, visto que o Freedom 251 tem esgotado à velocidade da luz sempre que é colocado à venda. Um sistema que não irá certamente parar de recolher mais clientes e admiradores.


Veja também: