Taxas de juro em novos mínimos

A taxa de juro dos depósitos a particulares atingiu um novo mínimo em julho, segundo dados do Banco de Portugal.

Taxas de juro em novos mínimos
Empréstimos caíram, depósitos aumentaram.

Segundo dados divulgados pelo Banco de Portugal, as taxas de juro dos depósitos a particulares atingiram um novo mínimo em julho ao ser menor do que no mês anterior – em junho, o valor fixava-se nos 0,40%. Atualmente, o valor das taxas de juro para depósitos até um ano é de 0,37%. 

Já as taxas de juro médias dos novos depósitos até um ano de sociedades não financeiras fixou-se em 0,19%, outra das melhorias divulgadas face ao mês de junho, onde foi de 0,18%.

No que diz respeito aos depósitos de particulares, o cenário parece cada vez mais favorável. Os depósitos nos bancos aumentaram 2031 milhões de euros em julho – totalizando 142,8 mil milhões de euros no final do mês – valor que representa um acréscimo de 3,6% na taxa de variação anual, idêntico ao registado na zona euro, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal.


Veja também: