TV do futuro vai ser desenvolvida em Portugal

TV do futuro vai ser desenvolvida em Portugal

Há 500 milhões de potenciais utilizadores.

A Vodafone pretende criar a TV do futuro e já criou um Centro de Competências para “incubar” a próxima geração da televisão.

Na passada terça-feira, dia 11 de outubro, a Vodafone Portugal inaugurou o TV Hub, um Centro de Competências onde a operadora pretende desenvolver a TV do futuro. Este é o terceiro Centro de Competências inaugurado pela Vodafone, que já possui outros dois a trabalhar em Operações de Rede e na Internet das Coisas. No total, são mais de 450 quadros especializados.

O TV Hub está situado na sede da Vodafone Portugal, no Parque das Nações, e foi criado devido às pretensões da Vodafone em levar a experiência de TV a todos os dispositivos e plataformas, oferecendo serviços como vídeo on demand, gravação de programas na cloud, a possibilidade de rever conteúdos dos últimos sete dias.

Para criar a TV do futuro, a Vodafone dividiu o novo Centro de Competências em quatro áreas principais: Produto, Desenvolvimento, Engenharia e Operações. A primeira ocupa-se da análise das características e das necessidades do mercado no qual se pretende introduzir a TV do futuro. À segunda cabe moldar o produto a essas especificidades. A terceira está adjudicada à integração da solução nos países em que a Vodafone está presente (Portugal, Espanha, Roménia, Irlanda, Grécia, Alemanha, Holanda e Nova Zelândia) e a quarta ao acompanhamento de todas as operações.

Oito países que oferecem 500 milhões de potenciais utilizadores para a TV do futuro. Para já, ainda não se sabe quando é que esta chegará ao mercado.


Veja também: