Publicidade:

Algarve na Páscoa: 6 locais fora da caixa

Quer passar férias na região sul de Portugal em sítios não tão populares entre turistas? Sugerimos-lhe seis locais fora da caixa para uns dias tranquilos no Algarve na Páscoa.

Algarve na Páscoa: 6 locais fora da caixa
Trilhos, praias desertas, aldeias típicas, tudo longe do burburinho turístico

Não é segredo que o Algarve é uma região costeira, e soalheira, muito popular não só entre quem habita em território luso, mas também para quem vem de além-fronteiras. É fácil perceber porquê. Basta atentar nas temperaturas generosas, nas praias de águas azul-turquesa ou nas cidades vibrantes.

Felizmente, porém, nem tudo faz já parte do circuito turístico. É possível encontrar ainda vários tesouros escondidos na região para escapar ao quotidiano e relaxar longe da multidão. O que visitar então no Algarve na Páscoa? Deixamos-lhe aqui uma lista de 6 locais fora da caixa para umas férias felizes e tranquilas. Espreite as sugestões de praias, vilas, trilhos ou reservas naturais e escolha um destino que foge ao comum. Comece já a planear a sua viagem.

Algarve na Páscoa: 6 tesouros escondidos


1. Praia da Ilha da Barreta

Com mais de 10 quilómetros de areias brancas e águas que despertam vontade de mergulhar, a Praia da Ilha da Barreta, ou Praia Deserta, é uma extensa ilha-barreira da Ria Formosa onde existem poucas construções e muitos espaços para contemplar a natureza no seu estado mais puro. Uma das razões para ser tão pouca visitada é ser apenas acessível por barco, que se apanha no Cais da Porta Nova, em Faro. Aproveite a travessia de aproximadamente 35 minutos para absorver a paisagem onde não faltam canais, bancos de sapal e muitas aves.

2. Alte

Algarve na Páscoa

Situada no município de Loulé, no coração da região Algarvia, Alte é uma povoação típica onde se vêem espreitar dos telhados chaminés preenchidas de arabescos. Com uma belíssima Igreja Matriz, que data do século XIII, e um antigo moinho de água do século XII, é uma aldeia pitoresca que foge aos destinos de férias convencionais e revela um Portugal genuíno. Nos arredores de Alte, espreite a Queda do Vigário, uma bonita queda de água que nasce na Quinta do Freixo e termina a 24 metros de altura, caindo majestosamente sobre um lago.

3. Querença

Poisada no topo de uma colina a norte de Loulé, Querença é uma aldeia típica de beleza natural e arquitectónica inquestionável, onde é palpável a tradição das suas gentes. Com casario típico algarvio estendido pelo monte, de casas simples com chaminés rendilhadas, é uma aldeia rural, modesta e, por isso, ideal para retemperar energias nas férias da Páscoa. Um dos sítios de visita obrigatória é a Fonte da Benémola, símbolo da diversidade paisagística da região do Algarve, onde se atravessa a Ribeira de Menalva. Lembre-se também de não deixar Querença sem ter provado a cozinha regional tradicional, que inclui ensopado de javali e coelho e o saboroso chouriço.

4. Castro Marim

Algarve na Páscoa

Também Castro Marim é um lugar pitoresco e pouco visitado por turistas. Conheça o centro histórico e espreite as imponentes fortificações com uma vista panorâmica imperdível sobre as salinas, a ponte que une o Algarve a Espanha e a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, ponto de visita obrigatória. Aproveite também para conhecer o Castelo de Castro Martim, construção do século XIV, e a Igreja de Santiago.

5. Cacela Velha

Localizada no concelho de Vila Real de Santo António, Cacela Velha é um dos locais fora da caixa mais bonitos que o Algarve tem para oferecer. Com vestígios da passagem de romanos e árabes, praias selvagens e ruelas típicas de casas caiadas de branco, é uma aldeia plena de autenticidade e história, onde todos se movem a pé. Vá até à igreja quinhentista junto à falésia, contemple o forte oitocentista de origem islâmica e não perca a oportunidade de provar as ostras ou o arroz de lingueirão.

6. Trilho dos Pescadores

Algarve na Páscoa

O Trilho dos Pescadores faz parte da famosa Rota Vicentina e é seguramente um dos passeios pedestres mais bonitos do litoral português e europeu. Sempre junto ao mar, é um percurso de dificuldade mediana e uma beleza natural que desafia os sentidos. Com o Algarve como meta, sugerimos que comece em Porto Covo, passando por Vila Nova de Milfontes, Almograve e Zambujeira do Mar. A última etapa do percurso levá-lo-á a Odeceixe, uma vila erguida ao longo de um bonito vale, onde as casas se encontram caiadas de branco e não faltam lugares com história para visitar, como a Igreja Matriz da Nossa Senhora da Piedade, o moinho e algumas cantarias.

São então estes os 6 locais fora da caixa que sugerimos para uma viagem ao Algarve na Páscoa. Escolha o que melhor lhe soa e faça-se à estrada!

Veja também: