Publicidade:

15 alimentos bons para o coração que deve incluir na sua dieta

A alimentação parece ser responsável por muitos casos de doença cardiovascular, o que reforça a importância de consumir alimentos bons para o coração.

15 alimentos bons para o coração que deve incluir na sua dieta
As doenças cardiovasculares podem ser prevenidas

Não é possível viver mais e melhor sem um coração saudável. Para prevenir o aparecimento das doenças cardiovasculares, para além de um estilo de vida ativo e do acompanhamento médico frequente, importa adotar uma alimentação saudável. Conheça estes 15 alimentos bons para o coração!

Alimentação saudável e saúde do coração


Uma alimentação saudável é determinante para manter e melhorar a saúde do coração. Uma alimentação é saudável quando é diversificada (diferentes tipos de alimentos), equilibrada (atender simultaneamente à quantidade e qualidade dos alimentos) e moderada (não comer nem mais nem menos que aquilo que o organismo precisa).

Para além de trazer maior energia diária, a alimentação saudável tem outros contributos, nomeadamente:

a) Controlo do peso;

b) Redução do risco de doenças cardiovasculares;

c) Incremento das hipóteses de sobrevivência, após um ataque cardíaco;

d) Redução da tensão arterial;

e) Redução dos níveis de colesterol no sangue;

f) Proteção contra a diabetes tipo 2.

15 alimentos bons para o coração


Alimentos bons para o coração são todos aqueles que apresentam um efeito protetor face às doenças cardiovasculares. Já inclui estes 15 alimentos bons para o coração na sua dieta alimentar?

1. Salmão, sardinha, truta, atum

salmão é bom para o coração

Todos estes peixes, e mais alguns, são ricos em ácidos gordos essenciais que protegem o coração, fortalecem os vasos sanguíneos, melhoram a elasticidade das paredes arteriais e previnem a formação de coágulos. Idealmente, o peixe deve ser grelhado, assado ou cozido a vapor.

2. Aveia

A aveia é composta por fibras solúveis e insolúveis. As fibras solúveis contribuem para a diminuição do colesterol e dos açúcares.

3. Brócolos

Os brócolos são um alimento muito rico em ácido fólico, zinco, ferro, cálcio, vitamina K e antioxidantes e, por isso mesmo, ajudam a combater as doenças cardiovasculares.

4. Nozes

Para muitos especialistas na área alimentar, são considerados o snack de excelência. As nozes são riquíssimas em gorduras polinsaturadas, vitaminas, fibra e minerais e ajudam a combater o mau colesterol.

5. Amêndoas

as amêndoas devem ser incluídas na alimentação

Tal como as nozes, também as amêndoas podem e devem ser incluídas na alimentação. Ajudam a reduzir os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue sendo, por isso, um alimento protetor cardiovascular.

6. Linhaça

As sementes de linhaça são ricas em ácidos gordos ómega 3 e 6 e fibras, portanto, ajudam a regular o colesterol e a glucose no sangue.

7. Tomate

Também o tomate parece contribuir para o bom funcionamento do coração, na medida em que possui determinadas propriedades que contrariam a tendência que o sangue tem para coagular.

8. Espinafres

Os espinafres, tal como outros legumes de folha verde-escura, contém luteína, magnésio, fibra e potássio e pode ajudar a prevenir a obstrução das artérias.

9. Maçã

A maçã, à semelhança da laranja, contém pectina, uma fibra que impede a absorção de gorduras e elimina o colesterol.

10. Frutos vermelhos

Sendo ricos em antioxidantes, contribuem para a eliminação de toxinas no organismo e ajudam a combater o envelhecimento precoce.

11. Leguminosas

Quando falamos de leguminosas falamos de feijão, grão, lentilhas, alimentos ricos em ácidos gordos ómega 3 e fibra.

12. Alho

O alho é um doa alimentos bons para o coração

O alho ajuda a reduzir a placa arterial e a equilibrar os níveis de colesterol. Para além disso, contém trisulfide dialilo que ajuda a proteger o coração durante a cirurgia cardíaca e depois de um ataque cardíaco.

13. Chocolate negro (+ 70% de cacau)

A saúde do coração parece sair beneficiada com o consumo moderado de chocolate negro. Este alimento é rico em flavonoides, que estimulam o revestimento das artérias e ajudam a reduzir a pressão arterial.

14. Azeite

O azeite pode ser considerado uma gordura amiga do coração. Rico em ácidos gordos monoinsaturados, ajuda a prevenir as doenças cardiovasculares.

15. Vinho tinto

O consumo excessivo de vinho tinto não é benéfico

O consumo excessivo de vinho tinto não é benéfico, no entanto, quando consumido de forma moderada pode, de facto, ser benéfico para a saúde do coração, desde que recomendado pelo médico. Há estudos que apontam que o etanol e os polifenóis presentes no vinho tinto têm efeitos benéficos sobre moléculas inflamatórias que causam aterosclerose.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!