Publicidade:

17 alimentos que não deve guardar no frigorífico

Há alimentos que não deve guardar no frigorífico. Mas, quais? É possível que tenha guardado alguns destes alimentos no frigorífico centenas de vezes sem saber.

17 alimentos que não deve guardar no frigorífico
Vai reconhecer alguns enganos

Sabia que há alimentos que não deve guardar no frigorífico?

Sim, pode achar que está a prolongar a durabilidade dos alimentos, mas a verdade pode não ser bem assim. É que a ideia de que guardar alimentos no frigorífico ajuda a conservá-los por mais tempo pode, em muitos casos não ser a mais acertada – e é fácil de explicar. Há alimentos que, quando sujeitos às temperaturas mais baixas, perdem qualidade. Uns perdem o sabor, outros não amadurecem e outros murcham.

Para evitar colocar em causa as propriedades dos seus alimentos, o melhor mesmo é saber quais os alimentos que não deve guardar no frigorífico. Nós dizemos-lhe quais são.

17 alimentos a manter longe do frigorífico


Café

Alimentos que não deve guardar no frigorífico - café

Se é amante de café, memorize isto: o frigorífico é inimigo do café. Jamais, em circunstância alguma, o guarde no frio. Não só vão perder sabor, como ainda vão absorver os odores dos outros alimentos que estejam frigorífico. Idealmente, deve guardar o seu café num local fresco e escuro, para que mantenha todas as suas propriedades e aroma. Opte por comprar sacos de café mais pequenos, que sejam consumidos num menor espaço de tempo – ou, em alternativa, café em cápsulas.

Mel

Alimentos que não deve guardar no frigorífico - mel

Falando em alimentos que não deve guardar no frigorífico, aqui tem mais um: o mel. Se o fizer, o mel vai acabar por cristalizar e tornar-se demasiadamente espesso – e, por isso, difícil de consumir. Para tirar partidos de todos os benefícios do mel só precisa de o guardar num frasco bem fechado.

Manjericão

Alimentos que não deve guardar no frigorífico - manjericão

O odor fresco e perfumado do manjericão é uma verdadeira delícia e, como tal, porque não deixá-lo na bancada da cozinha a perfumar o ambiente? Assim, além de aproveitar o cheiro desta erva aromática, ainda prolonga a sua durabilidade. É que, ao contrário do que possa pensar, se optar por guardá-lo no frigorífico, o manjericão vai murchar mais rapidamente. Isto para não falar de que vai absorver os odores dos alimentos que estão no frigorífico.

Trilogia de frutas #1: melão, meloa, melancia

Alimentos que não deve guardar no frigorífico - melão, meloa e melancia

Este será um erro muito comum. Melão, meloa e melancia são frutas com sabor a verão e, como tal, pedem uma frescura adicional àquela que já as caracteriza. Mas, se quer tirar partido de todas as propriedades e benefícios destas três frutas, o melhor é mantê-las longe do frigorífico. Isto porque, se as guardar no frigorífico, vão perder os seus antioxidantes. O ideal é mesmo deixá-las à temperatura ambiente.

Trilogia de frutas #2: banana, pêssego, ameixa

banana

Há mais uma trilogia de frutas que não deve guardar no frigorífico – bananas, pêssegos e ameixas. Se adquirir estes frutos ainda verdes, deixe-os fora do frigorífico até que amadureçam. Só quando já estão maduras deve colocar as bananas no frigorífico.

Por outro lado, as ameixas e os pêssegos devem manter-se na fruteira para preservar os seus nutrientes e o seu sabor original. No caso destes três frutos, as baixas temperaturas anulam as enzimas responsáveis pelo seu amadurecimento. O resultado? Uma polpa pastosa e uma casca dura.

Tomate

Alimentos que não deve guardar no frigorífico - Tomate

O tomate é outro dos alimentos que não deve guardar no frigorífico. Simplesmente porque, se o fizer, vão perder todo o sabor, estagnar o processo de amadurecimento e ainda alterar a sua textura. Uma taça na bancada da sua cozinha será o local ideal.

Batata

Alimentos que não deve guardar no frigorífico

Se guardar as batatas no frigorífico, estará a acelerar o processo de transformação do amido da batata em açúcar. Isto retira-lhe sabor. Deve, por isso mesmo, guardá-las num local seco, ligeiramente fresco e com pouca luz. Evite sacos de plástico, já que estes não permitem que a batata seja naturalmente ventilada e isso acelera o processo de apodrecimento.

Abacate

abacate

Tal como acontece com a banana, só deve guardar um abacate no frigorífico se quiser que este amadureça rapidamente. Se o guardar no frigorífico ainda verde, este vai amadurecer demasiado rápido e ficar com um aspeto escuro e sem sabor.

Pão

pao

O pão é um alimento que não deve guardar no frigorífico porque vai ficar com um papo seco e sem sabor algum. Pelo contrário, se achar que não vai consumir o pão todo de uma vez, pondere congelar uma porção.

Conservas

enlatados

Depois de aberto, nenhum alimento enlatado (sejam patés, atum ou salsichas) deve ser guardado no frio. Quando a lata é aberta rompe-se o verniz e este pode entrar em contacto com o alimento enlatado.

Assim, se quiser guardar alimentos enlatados depois de abertos, faça-o colocando o alimento num recipiente de vidro ou cerâmica e guardando no frigorífico mas apenas por um curto espaço de tempo.

Azeite

azeite

Se não quiser ficar com uma espécie de manteiga de azeite, retire imediatamente o azeite do frigorífico. Este erro altera o sabor, a textura e a cor.

Alho e cebolas

cebolas

Normalmente, nas casas dos portugueses onde são guardadas as cebolas são também guardados os alhos. Se guardar a cebola no frigorífico esta vai apodrecer muito mais rapidamente, graças à humidade. Devem, por isso, ser mantidas num ambiente fresco, seco e escuro – de preferência penduradas.

Por outro lado, se tiver de guardar uma cebola já cortada e descascada, pode usar o frigorífico mas sempre dentro de um recipiente fechado. O período de tempo recomendado para manter uma cebola descascada no frigorífico é de 24 horas no máximo.

O alho deve ser guardado num local fresco e seco – tudo o que um frigorífico não é. Se guardar o alho no frio, este vai ganhar mofo e deixar de ser comestível em muito pouco tempo. Se guardar o alho num recipiente de aço bem fechado na despensa, garante que tem um bom alimento durante 2 meses.

Veja também:

Limpeza e Arrumação