Publicidade:

Android Q: tudo o que precisa de saber

A nova versão do software estará disponível ainda este ano. O Android Q é a alternativa que se segue ao atual Android Pie. Saiba o que pode esperar.

Android Q: tudo o que precisa de saber
Conheça todas as novidades

O lançamento oficial está previsto para este ano, ainda que não esteja confirmada a data exacta. Depois do sucesso do Android 9 Pie, já se antecipa a chegada do Android Q, a nova versão de um dos softwares mais utilizados no mundo inteiro.

Android Q: o que já sabemos


apps

Foi através da versão Beta que se começaram a desvendar algumas das novidade do Android Q. Estando baseado numa plataforma open source, na qual programadores de várias partes do mundo podem contribuir, a nova versão deste sistema operativo faz-se acompanhar de algumas mudanças importantes.

Notificações

A primeira mudança notada neste software é a forma como as notificações surgem no ecrã principal. Como já está habituado, as notificações que recebe surgem num painel superior, que “desce” para lhe dar a informação que acabou de receber.

Até aqui, nada se altera. O que muda é a forma como lida com essas notificações após as receber. A verdade é que com o Android Q pode utilizar essas notificações como se do Facebook Messenger se tratasse. Por outras palavras, vai poder movimentar esse aviso da forma que quiser, no ecrã principal.

Assim sendo, todas as notificações aparecem, a partir de agora, em forma de círculos, movimentando-se de igual forma, independentemente da aplicação a que pertencem. No entanto, não se sabe ainda se a barra tradicional (que surge no topo do display) irá desaparecer de forma definitiva.

Privacidade e permissões

Estando o download da versão Beta disponível para os modelos Pixel da Google, são conhecidas outras novidades no que toca às permissões dadas a cada aplicação. No Android Q vai poder aceder a uma página específica nas Definições que permite definir quais as permissões a dar a cada aplicação.

Desta forma, a Google reforça a privacidade dos utilizadores, garantindo que os mesmos são os únicos responsáveis pelas permissões dadas a cada app instalada.

Mais personalização

Sendo um dos pontos fortes do Android, a personalização continua a receber a atenção dos programadores, que vão disponibilizar mais cores na interface do utilizador. Para além de poder escolher entre mais temas, pode ainda definir as cores predominantes que a partir da nova versão serão o verde, azul, roxo e preto.

Mais opções de partilha

Quando quer partilhar uma ligação, uma mensagem ou uma fotografia com alguém, vai ter mais opções de escolha no menu partilhado do Android Q. Para além de poder enviar esse conteúdo para pessoas específicas, irá existir um atalho apropriado a programadores para que possam partilhar o que quiserem em sítio específicos de outras apps.

Esta nova funcionalidade chamar-se-á Sharing Shortcuts e pode ser utilizada por qualquer pessoa que domine linhas de código.

Gravação de ecrã e voz built-in

As gravações não são a novidade, mas sim a forma como as poderá fazer. Tudo indica que com o Android Q poderá haver um atalho mais rápido que não envolva recorrer ao menu principal para fazer uma gravação de ecrã ou de voz.

Ao que parece, as gravações poderão ser iniciadas através de gestos, que é um dos pontos em que a maior parte dos sistemas operativos parece apostar ultimamente.

Dark mode generalizado

Até agora, ainda que o sistema Android permitisse a ativação do dark mode em várias apps e até no próprio sistema, esta opção nunca esteve disponível no sistema operativo como um todo. Espera-se que, com o Android Q, esse modo se estenda à totalidade do software, potenciando, assim, a poupança de energia.

Modo desktop

Tudo leva a crer que o Android Q terá a sua própria versão adaptada a desktop. Com isto, o software pretende aproximar-se de abordagens feitas pela Samsung ou Huawei, que já dispõem das suas próprias interfaces otimizadas para computador.

Android Q: lançamento oficial


phone

Prevê-se que a versão oficial, e totalmente finalizada, chegue durante o presente ano, provavelmente depois do mês de agosto. A timeline da Google dá a conhecer que a versão Beta 1 do Android Q foi lançada no início de março. A segunda versão será lançada em abril, a terceira em maio e a quarta em junho.

A partir desse mês, nada está ainda confirmado pela Google, pelo que resta esperar pela nova versão deste software que estará também devidamente otimizado e melhorado para ser utilizado em dispositivos dobráveis que serão lançados por parte das marcas mais importantes.

Até à data oficial, serão várias as versões de teste lançadas e testadas em diversos dispositivos até que a versão final chegue a todos os dispositivos Android, sucedendo-se à última lançada pela gigante tecnológica: o Android 9 Pie.

Uma das principais razões para o lançamento do novo sistema operativo vai de encontro com os dispositivos foldable, que vêm reinventar a forma como são utilizados os smartphones hoje em dia, pedindo uma resposta diferente e uma eficiência otimizada a mais do que um ecrã.

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.