Publicidade:

Anexos de IRS dos trabalhadores independentes: os obrigatórios

Saiba aqui quais são os anexos de IRS dos trabalhadores independentes a preencher na Declaração de IRS 2018.

Anexos de IRS dos trabalhadores independentes: os obrigatórios
Anexos para quem passa recibos verdes

Os anexos de IRS dos trabalhadores independentes devem ser entregues juntamente com a Declaração de IRS — Modelo 3 –  composta por uma folha de rosto a ser  preenchida por todos os contribuintes.

São três os anexos de IRS dos trabalhadores independentes – rendimentos da categoria B – a ser entregues juntamente com esta declaração.

Anexos de IRS dos trabalhadores independentes: quais são

Além do preenchimento da Declaração Modelo 3, na qual deverá inserir as informações genéricas solicitadas sobre o sujeito passivo e o seu agregado familiar, os anexos do IRS para quem passa recibos verdes são:

1. Anexo B ou C

Consoante o sujeito passivo dos rendimentos empresariais e profissionais auferidos tenha optado pelo regime simplificado ou pela contabilidade organizada.

O trabalhador independente que esteja inserido no regime simplificado, ou os contribuintes que tenham apenas praticado um ato isolado, devem preencher o anexo B da Declaração de IRS — Modelo 3.

Já os trabalhadores a recibos verdes ou independentes inseridos no regime de contabilidade organizada (apenas obrigatório para quem tem um volume de negócios ou de prestação de serviços superior a 200 mil euros anuais), deverão preencher o anexo C de IRS.

2. Anexo H

Os sujeitos passivos da categoria B que tenham despesas aceites como deduções à coleta e/ou outras despesas que consagrem benefícios fiscais, devem ainda preencher o anexo H – Benefícios Fiscais e Deduções (não individual, ou seja, devem ser inseridos os dados dedutíveis/sujeitos a benefícios fiscais do agregado familiar).

3. Anexo SS

Os trabalhadores independentes têm ainda de continuar a entregar o anexo SS (Segurança Social), juntamente com a Declaração de IRS — Modelo 3.

Trata-se de um anexo individual e introduzido em 2013. No entanto, existem alguns trabalhadores independentes que estão isentos da entrega do Anexo SS.

Veja também: