Publicidade:

Aulas de preparação para o parto: saiba tudo

Numa fase cheia de novidades e medos, quanto mais preparados os futuros pais estiverem melhor. As aulas de preparação para o parto podem ser uma boa ajuda.

Aulas de preparação para o parto: saiba tudo
É crucial preparar-se para um momento tão importante

Já não é surpresa para ninguém que uma gestação acarreta um rol de incertezas, receios e dúvidas para os futuros pais. E como se não bastassem os 9 meses de gravidez, também o dia do nascimento do bebé pode ser causador de muito pânico. Afinal, estamos a falar de um parto que pode vir acompanhado de imprevistos. É precisamente para garantir que a grávida está o mais preparada possível para esta mudança que existem as aulas de preparação para o parto.

Este curso preparatório é de extrema importância, uma vez que garante que o casal está capaz de receber o seu rebento com toda a tranquilidade e segurança. Por outro lado, retira o stress do momento do nascimento, uma vez que se sentirão muito mais confiantes e preparados. Afinal, o bebé necessita de cuidados e preocupações específicas muito antes de lhe pegar pela primeira vez, pelo que é crucial que tenha todas as ferramentas à disposição.

Fique agora a conhecer este tema de cor e salteado e compreenda melhor a importância de um curso deste género. O melhor mesmo é garantir a sua inscrição.

Aulas de preparação para o parto de A a Z: tudo aquilo que deve saber


 Aulas de preparação para o parto: saiba tudo

Alimentação, saúde, bem-estar e educação, entre tantas outras coisas. A verdade é que as preocupações que surgem aquando de uma gravidez parecem não ter fim. E não é para menos – afinal, falamos de uma mudança muito grande, que provocará todo o tipo de alterações na vida nos futuros papás. O difícil é não se deixar levar pelos receios.

Claro está que todas dúvidas se agravam quando falamos de pais de primeira viagem, que nunca passaram por este momento anteriormente e se sentem como “peixes fora de água”. Ora, especialmente para estes pais, foram criadas as aulas de preparação para o parto, que prometem tornar toda a experiência menos stressante e desafiante.

Este tipo de cursos, com o objetivo de preparar para o parto e para a parentalidade, é destinado a todos os casais que pretendem garantir que estão o mais aptos possível a receber o seu rebento. Permitem contactar com outros futuros pais em situação igual e esclarecer todas as questões associadas ao parto e à gravidez em geral. Significa isto que a gestação se torna mais tranquila para ambos os pais e, claro, para o próprio bebé.

É por volta da 18ª semana de gravidez que deve começar a fazer a sua pesquisa até encontrar o local onde pretende frequentar as aulas de preparação para o parto. E se pensa que estes cursos apenas se realizam nos espaços de saúde privados, sejam clínicas ou hospitais, então desengane-se: muitas maternidades, unidades de saúde familiar e hospitais públicos contam com este tipo de serviço.

As aulas, que se iniciam por volta das 28 semanas de gestação, nem sempre estão disponíveis nas instituições públicas, pelo que deve informar-se com antecedência se não quiser recorrer ao privado. De qualquer das formas poderá inscrever-se diretamente no local escolhido.

O número de sessões, divididas em aulas teórias e práticas, varia de acordo com o local escolhido. Pode contar com uma média de 6 a 10 aulas, sendo que em alguns casos pode chegar às 15. Cada sessão terá entre 1 a 2 horas. Regra geral, o curso é organizado por uma equipa multidisciplinar formada em saúde materno-infantil que estará à disposição para acompanhar e esclarecer os futuros papás.

O grande objetivo destas aulas é desmistificar receios e responder a todas as dúvidas, assim como informar o casal sobre dicas a pôr em prática durante a gravidez, no momento do parto e após o nascimento da criança. A melhor parte? Em alguns casos é mesmo possível personalizar as aulas e adaptar os ensinamentos às necessidades específicas do casal.

Posto isto, importa referir que da generalidade dos cursos fazem parte sessões sobre temas tão variados como: estratégias para reduzir a ansiedade relativa ao parto, técnicas de gestão de dor no parto, exercícios de relaxamento, participação do pai no nascimento, entre tantos outros. Não fica também esquecido o parto em si, pelo que a grávida poderá conhecer as opções que tem à sua disposição para o planear o parto e aprenderá também a reconhecer os sinais que indicam o nascimento do bebé.

Não se preocupe que as aulas dão também orientações sobre como lidar com o recém-nascido. Deste modo os pais poderão voltar a casa descansados.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.