Publicidade:

Bicos de papagaio: causas, sintomas e tratamento

Com o passar dos anos começam a surgir problemas nos ossos e articulações e os bicos de papagaio não são exceção. Conheça o problema de A a Z.

Bicos de papagaio: causas, sintomas e tratamento
Descubra tudo sobre esta condição que causa dores intensas

O nome pode parecer-lhe estranho mas o problema, esse, é bem comum e frequente. A verdade é que o peso da idade não dá tréguas às articulações e o desgaste começa a fazer-se sentir com o avançar dos anos. É precisamente graças a este fenómeno que surgem condições como os bicos de papagaio, um problema na coluna vertebral que provoca dores insuportáveis nas costas.

Caso se esteja a questionar, o nome tem origem no aspeto das vértebras afetadas quando vistas numa radiografia. Agora chegou a altura de ficar a saber muito mais para além do nome deste problema que tantas vítimas faz, desde as causas que originam o seu aparecimento à melhor forma de o tratar.

Tudo sobre bicos de papagaio


saiba tudo sobre bicos de papagaio

Os bicos de papagaio, cujo termo médico é osteófitos, surgem graças a um problema específico – a espondilose, uma consequência da artrose. Com o passar dos anos, algumas pessoas sofrem de uma desidratação do disco intervertebral, o que não só aproxima as vértebras como comprime a raiz nervosa. É ao resultado deste processo que se dá o nome bicos de papagaio, uma vez que o aspeto dos osteófitos faz lembrar os bicos da ave.

Estas pequenas expansões ósseas com aspeto de gancho surgem porque o corpo procura compensar de alguma forma o desgaste ósseo. Assim, uma zona que outrora era macia, graças à cartilagem, passa a ser dura. Resultado? Esta rigidez pode provocar dores insuportáveis e pressionar as áreas circundantes, sejam músculos ou nervos.

Causas

Apesar da idade desempenhar um papel importante no aparecimento dos bicos de papagaio, a verdade é que as causas vão muito para além da passagem do tempo:

  • lesões nas articulações vertebrais (especialmente devido a uma postura incorreta);
  • pré-disposição genética;
  • sobrecarga articular (como resultado de excesso de peso, por exemplo);
  • inflamação;
  • rutura de ligamentos;
  • fratura;
  • escoliose;
  • impactos sofridos durante a infância;
  • sedentarismo.

De facto, muitos especialistas afirmam que a principal causa do surgimento desta anomalia é precisamente a falta de cuidados com a postura ao longo da vida. Deve, portanto, ter atenção à sua postura, especialmente se trabalha longas horas sentado em frente ao computador.

Sintomas

conheça os sintomas dos bicos de papagaio

Alguns sintomas dos bicos de papagaio são comuns a outras doenças osteoarticulares, principalmente no que se refere à coluna, pelo que o diagnóstico deve ser confirmado por um médico com recurso a exames, como um raio x ou uma ressonância magnética, que comprovem a anomalia. Posto isto, existem alguns sinais a que deve estar atento:

  • diminuição anormal da força muscular;
  • dor intensa localizada nas costas;
  • sensação de formigueiro nos braços;
  • dor intensa desde as costas até à zona da coxa;
  • sensação de formigueiro nas pernas;
  • sensação de formigueiro nas costas.

Tratamento

No que se refere ao tratamento dos bicos de papagaio, o médico tem algumas opções disponíveis e deve aconselhar ao paciente aquela que lhe parecer mais indicada. Além da atenção à postura, em alguns casos pode bastar apenas a toma de analgésicos e anti-inflamatórios.

Noutros casos, contudo, pode ser recomendada a realização de fisioterapia. Em situações mais graves, o médico pode considerar necessário recorrer à cirurgia para corrigir o desalinhamento da coluna.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.