Publicidade:

Bronquite aguda: causas, sintomas e tratamento

A bronquite aguda é frequentemente causada por infeções virais. Fique connosco e conheça as causas, os sintomas e o respetivo tratamento.

Bronquite aguda: causas, sintomas e tratamento
Saiba tudo sobre a bronquite aguda

bronquite aguda ocorre durante um curto período de tempo e é normalmente causada por infeções virais.

É importante que esteja a par das causas e dos sintomas que a bronquite aguda provoca no indivíduo. Tome nota.

Bronquite aguda: o que é?


A bronquite aguda é uma inflamação dos brônquios (que são as vias aéreas que se ramificam da traqueia), que ocorre durante um curto período de tempo.

Para clarificar o tema, uma bronquite é um processo inflamatório das principais vias aéreas dos pulmões, ou seja, dos brônquios. O que acontece é o facto desta inflamação provocar um estreitamento dessas vias, que por sua vez, torna a respiração num processo mais difícil, originando sintomas como a tosse por exemplo.

Para além disto, é importante que saiba que a bronquite pode ser de dois tipos:

  1. Bronquite crónica: quando os sintomas se prolongam por dias e meses seguidos, ou quando se manifestam pelo menos durante 3 meses do ano em 2 anos consecutivos;
  2. Bronquite aguda: quando a inflamação ocorre durante um curto período de tempo;

Quando a pessoa sofre de bronquite, o que acontece é uma hipertrofia das glândulas que produzem o muco ao longo das vias aéreas. Desta forma, está explicada a tosse convulsa típica que esta doença provoca.

Causas da bronquite aguda

A bronquite aguda é frequentemente causada por infeções virais. Contudo, também pode ser causada por infeções bacterianas. Ou seja, o aparecimento de bronquite aguda durante a época do inverno é mais comum do que noutras alturas do ano. Na presença do frio, é muito comum o aparecimento de uma bronquite aguda causada por um vírus.

Como sabe, as infeções causadas por vírus são bastante comuns no inverno e esta doença não é exceção. A bronquite viral pode ser causada por diversos tipos de vírus bastante comuns, sendo um deles o vírus influenza.

No caso de se tratar de uma bronquite bacteriana, esta pode ocorrer (em muitos dos casos), depois de uma infeção viral que afete a parte superior do aparelho respiratório. Algumas bactérias como Mycoplasma pneumoniae, Chlamydia pneumoniae e Bordetella pertússis, que causam a tosse convulsa, estão entre as bactérias que causam a bronquite aguda.

Claro está que também existem outros fatores como o tabaco, a inalação de pós ou até mesmo de agentes poluentes, que podem contribuir para o aparecimento e agravamento da bronquite aguda. No entanto, não se tratam propriamente de causas da doença.
Apenas devem ser alguns fatores para os quais deve estar alerta, na presença de uma bronquite.

8 sintomas da bronquite aguda

Tal como todas as doenças, a bronquite aguda também tem alguns sintomas associados. Vamos conhecê-los?

Depois de compreender melhor o que é a bronquite aguda, já deve ter percebido que o sintoma mais comum é mesmo a tosse. No entanto, fizemos uma listagem com todos os sintomas associados à bronquite, tome nota.

  1. Tosse: que vai evoluindo, tornando-se cada vez mais espessa e com a presença de escarro.
  2. Desconforto no peito: o facto de estar sempre a tossir vai fazer com que sinta algum desconforto na zona do peito. Para além disto, o muco acumulado também irá provocar uma grande sensação de desconforto.
  3. Falta de ar: quando se está na presença de uma bronquite aguda, a falta de ar é bastante comum. É normal passar por períodos em que sinta que não consegue respirar de maneira normal.
  4. Dores de garganta: bastante comuns no indivíduo com bronquite aguda, devido à tosse permanente.
  5. Presença de corrimento nasal: a necessidade de assoar o nariz na pessoa com bronquite aguda, é quase permanente ao longo do dia.
  6. Cefaleias: isto é, dores de cabeça.
  7. Fadiga: é natural que se sinta cansado e sem grande vontade de comer ao longo do dia.
  8. Dores musculares: o esforço que vai fazendo ao longo do dia para tossir, vai fazer com que os seus músculos fiquem doridos.

Importa ainda referir que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, a febre não é de todo um sintoma normal da bronquite aguda. Se tem esta doença e reparar que tem febre, deve manter alguns cuidados e dirigir-se ao médico. Isto porque normalmente, a febre pode estar ligada à presença de uma pneumonia ou outro tipo de infeção.

A bronquite aguda tem tratamento?

É importante que o diagnóstico de uma bronquite aguda seja feito por um médico para que, desta forma, consiga confirmar que os sintomas que tem tido ultimamente estão realmente associados a esta doença.

Normalmente, os exames realizados são as radiografias torácicas. Contudo, em alguns casos também poderá ser importante fazer um estudo laboratorial da expetoração ou até mesmo algumas provas de função respiratória.

A grande questão que deve ter em mente neste momento, é se a bronquite aguda tem algum tipo de tratamento. Não se preocupe, a bronquite aguda tem sim tratamento.

A maioria dos casos de bronquite aguda não requer o uso de antibióticos para o seu tratamento. Contudo, se se tratar de uma bronquite bacteriana eles poderão ser essenciais.

Para além disto, o tratamento da bronquite aguda também pode passar pela toma de aspirinas para que consiga aliviar alguns sintomas como o mal-estar e as dores de cabeça. A toma de alguns medicamentos para a tosse também faz parte do tratamento. São bastante receitados durante o período da bronquite aguda, para que consiga aliviar a tosse que tem permanentemente.

Existem também vaporizadores aos quais pode recorrer quando sente alguma falta de ar.

Importa referir que, o tratamento deve sempre ser prescrito pelo seu médico depois de relatar os sintomas que tem.

Veja também:

Catarina Milheiro Catarina Milheiro

Finalista da licenciatura em Gestão de Marketing, entende a partilha de informação através da escrita, como uma forma nobre da comunicação.