Publicidade:

Cálculo do salário líquido 2019: como fazer?

Aprenda connosco, de forma simples, como fazer para apurar o valor mensal de rendimentos, fazendo o cálculo do salário líquido.

Cálculo do salário líquido 2019: como fazer?
Aprenda a fazer o cálculo do salário líquido

Embora o recibo de vencimento apresente os valores descontados do salário bruto, é sempre importante saber como fazer o cálculo do salário líquido. É, no fundo, com este valor que pode efetivamente contar para as suas despesas ao longo do mês.

Aprenda a fazer o cálculo do salário líquido


Relembramos que o salário líquido é a remuneração que o trabalhador recebe da empresa para a qual trabalha, ao fim de cada mês, depois de aplicada a retenção na fonte de IRS e de todas as contribuições para a Segurança Social que se verifiquem aplicáveis ao seu caso.

salario liquido

Quais os dados a considerar para o cálculo do salário líquido?

Salário bruto: o primeiro dado a introduzir será o valor do salário bruto, ou seja, o que o trabalhador recebe ainda sem a aplicação de descontos para a segurança social e o IRS. Este é o valor total que consta no recibo de vencimento.

Em que setor se encontra a trabalhar?

Interessa também saber se o trabalhador desempenha a sua atividade na Função Pública ou no setor privado.

Quantidade de dependentes que o trabalhador tem a seu cargo

Outro fator determinantes para o apuro do cálculo do salário líquido é o número de dependentes que o trabalhador tem a seu cargo. Por dependentes entende-se filhos, filhos adotados, enteados, menores, afilhados civis, ou maiores inaptos ou que não tendo mais de 25 anos não chegam ao rendimento anual de 7.420,00€.

Montante do subsídio de refeição diário

Em seguida, há que apontar o valor do subsídio de refeição recebido por cada dia. Interessa também saber se o pagamento do subsídio de refeição é pago em dinheiro ou em vales de refeição. Se o subsídio de refeição for pago em dinheiro e for superior a 4,77€ por dia, o excedente será tributado em sede de IRS e de Segurança Social. Se receber o subsídio em vales de refeição, fica sujeito a tributação na parte que exceder 7,63€.

Dias de trabalho por mês

Quantos dias úteis de trabalho efetua por mês? Aponte esse número.

Situação familiar

Qual é o enquadramento da sua situação familiar? Importa saber se é ou não casado, e se é único titular ou se são dois, e se algum dos membros do casal é deficiente.

Modalidade de recebimento do subsídio de férias e do subsídio de Natal

Em 2018 foi eliminado o recebimento de subsídios de Natal e de férias por duodécimos para todos os trabalhadores. Ainda assim, os trabalhadores do setor privado podem, caso cheguem a um acordo com a entidade empregadora, escolher receber 50% desses subsídios em duodécimos ou por inteiro nas datas estipuladas.

Outros montantes extra que possa receber e que sejam dedutíveis

Aponte outras remunerações sujeitas a impostos, como diuturnidades, bónus ou prémios, caso se apliquem.

Exemplos de como fazer o cálculo do salário líquido

Vamos a exemplos concretos:

O Armando trabalha na função pública, recebe como salário bruto 1000 euros, é casado, tem dois filhos, recebe quatro euros pelo subsídio de refeição diário, em dinheiro, e em Fevereiro de 2019 trabalhou dezanove dias úteis. O Armando já recebe o subsídio de Natal e Férias por inteiro. Nesse mês não obteve qualquer compensação extra ou bónus.

Qual é o salário líquido que o Armando vai receber em Fevereiro de 2019?
Resposta: o Armando irá receber 849 euros de salário líquido no mês de fevereiro.

Como foi apurado este valor?

Tendo em conta os dados que mencionámos no exemplo do Armando, ficamos a receber que recebe como subsídio de alimentação no mês de Fevereiro um total de 76 euros, um valor unitário não sujeito a imposto, por ser inferior a 4,77 euros. Este valor deve somar-se ao salário bruto, perfazendo um valor de 1076 euros.

A taxa que Armando terá que deduzir para pagar à segurança social será de 11%, que corresponde a uma quantia de 110 euros. Então o que temos a fazer é subtrair 110 euros aos 1000 de salário bruto, o que perfaz 890 euros. Armando terá que descontar para a ADSE 3,5%, o que representa 35 euros, mais um valor a subtrair ao valor de salário bruto.

Por fim, a taxa de IRS a pagar será de 8,2%, o que representa um valor de 82 euros. O total de descontos que Armando terá que pagar perfaz 227 euros. A conta final fica feita quando subtraímos ao valor total do salário bruto com subsídio de refeição o valor de 227 euros e somamos os 76 euros do subsídio de refeição, sobre o qual, como já vimos, não recaem impostos.

Se Armando não tivesse filhos, o que mudaria nesta conta?

Resposta: O valor da dedução de IRS aumentaria, passando a ser de 11,7%. Assim, Armando receberia como salário líquido o valor de 814 euros mensais.

Se armando recebesse um subsídio de alimentação no valor de 6 euros, como se faria o cálculo do salário líquido?

Voltando a pegar no exemplo de o Armando ter dois dependentes a seu cargo, e receber seis euros de subsídio de refeição, já teríamos que considerar que uma parte desse valor seria sujeita a imposto. Isto porque diariamente trata-se de um valor superior a 4,77 euros. O valor total a deduzir para imposto, relativo ao subsídio de refeição em fevereiro de 2019, seria de 23,37. Sendo assim, o valor de salário líquido que Armando receberia nesse mês seria de 873,51 euros.

Se Armando não fosse casado, receberia mais ou menos?

Outro valor que influencia o IRS é o facto de se ser ou não casado. Vejamos, voltando ao primeiro exemplo, se Armando não fosse casado, receberia nesse mês um total de 872,00 euros. O facto de ser casado origina que a taxa de IRS se fixe nos 5,9%.

Agora já pode aplicar ao seu caso pessoal e apurar o seu próprio cálculo do salário líquido.

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.

Saiba tudo sobre emprego