Publicidade:

Caniçada: férias no grande lago do Gerês

Para quem vai fazer férias na Caniçada, Gerês, reunimos alguns pontos de interesse e locais a visitar para uma escapadinha divertida, animada e radical.

Caniçada: férias no grande lago do Gerês
Comece a planear as suas férias

Se está a pensar fazer umas férias na Caniçada, saiba o que pode visitar no Gerês e nas suas imediações, para uns dias de descanso e de adrenalina bem passados. Como vai ver, há um pouco de tudo para descobrir. Cascatas, rios, montanhas, igrejas, divertimentos, há realmente muito para ver e fazer nas férias na Caniçada.

Portanto, pegue no bloco e comece a tomar nota de tudo o quem tem mesmo de visitar na Caniçada e zonas circundantes e usufrua ao máximo deste destino repleto de encantos naturais e culturais que urge conhecer e explorar.

Férias na Caniçada, Gerês: 8 atrações imperdíveis


Caniçada

1. São Bento da Porta Aberta

O Santuário de São Bento da Porta Aberta é um santuário católico, localizado em Terras de Bouro. A atual construção é do final do século XIX e a sua designação deve-se ao facto de a ermida ter sempre as suas portas abertas, servindo de abrigo aos viajantes. Anualmente, recebe 2,5 milhões de peregrinos, sendo o segundo maior santuário português, logo a seguir a Fátima.

2. Parque Nacional Peneda-Gerês

O Parque Nacional Peneda-Gerês é um aglomerado de atrações naturais e culturais. Visite vilas, montanhas, rios e cascatas, tirando o máximo partida das belíssimas paisagens. A fauna e a flora deste parque são riquíssimas e acompanhadas por monumentos, histórias e tradições que vale a pena ficar a conhecer.

3. Miradouro da Pedra Bela

O Miradouro da Pedra Bela, em Terras de Bouro, fica a cerca de 800 metros de altitude. Este é um dos locais mais populares do Gerês e é fácil perceber porquê. As montanhas, a albufeira da Caniçada, os rios (a confluência do rio Cávado com o rio Caldo), a vegetação, a Portela do Homem são, apenas, alguns dos atrativos da paisagem envolvente que é possível observar a partir deste miradouro.

4. Cascata Tahiti

Esta cascata, também conhecida por Fecha de Barbas, é um ótimo local para visitar e apreciar a natureza, em toda a sua plenitude. Contudo, aconselha-se cuidado, já que também oferece alguns perigos. Assim, siga a sinalética que indica como fazer o acesso e assegure-se de que usa o calçado adequado e condição física para fazer o percurso.

5. Cascata do Arado

E como no Gerês não faltam cascatas, esta é outra que pode ficar a conhecer, com a vantagem das acessibilidades serem melhores do que a anterior. A água é límpida, o cenário lindíssimo e um verdadeiro postal ilustrado que vale a pena fotografar para mais tarde recordar.

6. Castelo de Lanhoso

Falando agora de património material e histórico, o Castelo de Lanhoso ou Castelo da Póvoa de Lanhoso é um dos mais imponentes monumentos portugueses, tendo recebido em 10 anos cerca de 100 mil visitantes. Este é um castelo medieval, de estilo românico e gótico.

7. Water Park Gerês

O Water Park Gerês é um parque insuflável localizado no centro da albufeira da Caniçada. Há várias diversões disponíveis, como escalar o iceberg e escorregar 4,5 metros, desde o seu topo. Depois, pode caminhar cerca de 6 metros sobre um rolo, sem cair à água. Outra possibilidade é saltar sobre uma almofada gigante, projetando quem aí esteja para a água.

Além de super animado, estas atividades são totalmente seguras, já que para entrar nestas diversões deve usar colete e há sempre um monitor vigilante.

8. Santuário de Nossa Senhora da Abadia

O Santuário de Nossa Senhora da Abadia, em Amares, é um santuário mariano do século XVIII. A sua fachada é imponente e o interior tem três naves, separadas por arcadas de volta inteira, assentes em colunas toscanas.

Nas naves laterais, há vários altares, bem decorados e preservados. O altar principal é deslumbrante e belíssimo com a sua talha dourada e imagens. Há, ainda, um órgão dos finais do século XVIII no santuário.

Veja também: