Publicidade:

10 melhores carros americanos antigos

Os EUA são um dos países com maior história e tradição no mundo automobilístico. Conheça os 10 melhores carros americanos antigos de sempre.

10 melhores carros americanos antigos
Conheça a nossa lista de "muscle cars" que hoje valem vários milhares de euros.

Alguns dos melhores carros americanos antigos são também alguns dos carros mais importantes da história do automobilismo, não tivesse sido na “terra do tio Sam” o lugar onde se massificou o uso do carro. O mesmo é dizer, foi nos Estados Unidos que se começaram a produzir carros em série, com o primeiro a ser o Ford Model T, que é de resto um dos melhores Ford de sempre.

Aliás, os Estados Unidos são uma potência tão grande a nível automobilístico que praticamente sozinhos conseguem colocar um modelo na lista de carros mais vendidos do mundo, a Ford F-Series. Estima-se que na América do Norte, a cada 45 segundos seja vendida uma destas pick-up.

Os melhores carros americanos antigos são conhecidos ainda hoje não só pelo seu design distinto em relação aos modelos europeus da mesma época, mas também por serem consideravelmente mais potentes que os seus homónimos do velho continente, e por isso se tornaram ícones do automobilismo mundial.

Conheçamos então quais são os melhores carros americanos antigos da história e porque é que continuam a ser tão importantes, tão valiosos e tão apetecidos pelos aficionados dos automóveis ainda nos dias de hoje.

10 melhores carros americanos antigos


1. Ford Mustang

É provavelmente o carro americano mais famoso de todos os tempos. Figurando em vários filmes nos anos 60 e fazendo parte das garagens dos mais conhecidos coleccionadores de carros de todo o mundo, este modelo foi um dos mais importantes na história do automobilismo pois é considerado o primeiro “pony car”, uma espécie de categoria de carros de alta performance mas relativamente acessíveis ao povo. Este modelo é tão importante para a Ford que ainda é produzido nos dias de hoje, e apesar de estar já na 5ª geração, continua a ser bastante apetecido em todo o mundo.

 

2. Chevrolet Corvette

Lançado em 1953, este carro é o mais antigo desta lista, e foi considerado o primeiro carro desportivo americano de 2 lugares. Apesar de ser também um modelo com bastante longevidade (existindo ainda hoje uma geração do Corvette), o modelo de 1953 é considerado o mais importante e o mais valioso de todos, pois apenas foram produzidos 300 carros deste modelo, tornando-o assim num dos automóveis mais raros do mundo.

 

3. Pontiac GTO

O Pontiac GTO é considerado pelos especialistas em história automóvel com o primeiro verdadeiro “muscle car”, tendo por isso bastante importância na cultura norte americana. Este carro foi desenhado por John DeLorean, um famoso empresário e engenheiro norte americano que dizia que queria “desenhar e construir um carro que fosse tão seguro quanto possível, fiável, confortável, prático e bem construído, e que ao mesmo tempo desse um grande prazer de conduzir e ainda com tivesse ainda uma inconfundível elegância.”. DeLorean viu concretizado este sonho no Pontiac GTO.

 

4. Dodge Charger

Apesar do primeiro modelo do Charger ter sido lançado em 1966, a primeira geração era considerada um carro entediante e pouco atrativo. No entanto, a segunda geração deste carro, lançada em 1969, é considerado um dos melhores carros americanos antigos de sempre, e é esse que é considerado um verdadeiro clássico e bastante mais valioso que os restantes modelos do Charger. Também este um modelo ainda em produção, embora tenha perdido praticamente todo o seu cariz desportivo e sendo hoje um carro mais focado na vertente familiar, em 1970 o Dodge Charger era conhecido por ter um potente motor V8 que produzia mais de 380 cavalos.

 

5. Chevrolet Impala

O Chevrolet Impala era para os americanos a combinação perfeita entre um carro desportivo e um carro luxuoso, e era o topo de gama da Chevrolet quando foi lançado, nos anos 50. No entanto foi a segunda geração, lançada em 1965, que se popularizou e atingiu o milhão de unidades vendidas num ápice, sendo essa a versão mais valiosa deste modelo.

 

6. Chevrolet Camaro

Mais um carro americano icónico. O Camaro foi lançado pela Chevrolet para competir com o Ford Mustang, nessa que foi uma das mais belas disputas de mercado destas duas marcas americanas. Inspirado no Pontiac GTO (com o qual partilhava muitos componentes), este carro rapidamente ganhou fama no mundo dos “muscle cars”. Apesar deste modelo ainda hoje ser o desportivo mais famoso da Chevrolet e ainda ser vendido, a geração de 1960 é a mais valiosa e a mais apetecível para os coleccionadores.

 

7. Ford Thunderbird

O T-Bird como é carinhosamente conhecido popularizou-se por ter figurado num dos filmes de James Bond, o “007 Die Another Day”. Começou por ser uma aposta da Ford para competir contra o Corvette ou o Mustang, mas foi encarado pelo público como um estatuto de luxo, não tanto pela vertente desportiva, sendo utilizado sobretudo por personagens famosas que gostavam de se passear neste carro pelas ruas de Hollywood.

 

8. Ford GT40

O GT40 não foi um carro pensado para as estradas mas sim para vencer corridas e acabar com a hegemonia da Ferrari nos traçados. Com um chassis inspirado em modelos europeus e um potente motor V8 americano, este carro simbolizava o melhor dos dois mundos. Apenas foram construídas 135 unidades deste carro que venceu 4 edições das míticas 24 Horas de Le Mans entre 1966 e 1969, e exemplares deste modelo hoje em dia custam mais de 4 000 000€!

 

9. Lincoln Continental

A Lincoln era considerada a marca de luxo dos americanos, tal como a Rolls Royce é para os Europeus, e o Continental era o seu modelo de bandeira nos anos 60. Usado pelos maiores empresários dos Estados Unidos, este carro era conhecido por utilizar “suicide doors” (portas que abrem em sentidos opostos), um símbolo de luxo na indústria automobilística e que permitem maior conforto na entrada e saída dos passageiros do interior do veículo.

 

10. Cadillac Eldorado

A Cadillac era a primeira das construtoras americanas a incorporar novas tecnologias nos seus modelos, e o Cadillac Eldorado era conhecido, entre outras características, por ter direção assistida, faróis com regulação elétrica e até um frigorífico com porta copos para transportar uma garrafa de espumante sempre fresca. Algo vulgar nos dias de hoje, mas um avanço tecnológico incrível nos anos 70. O Eldorado impunha respeito, não só pelo seu tamanho, mas também pelo motor usado, um potente V8 de 8.2L de capacidade.

 

Veja também:

Marvin Tortas Marvin Tortas

Licenciado em Ciências da Comunicação, homem do Norte, apaixonado por carros e com experiência em desporto automóvel. A seguir a mamã e papá, as palavras Ferrari, Mercedes, Audi e Fiat foram respetivamente as 3ª, 4ª, 5ª e 6ª palavras do seu vocabulário.

Também lhe pode interessar: