Publicidade:

Os carros mais caros de sempre vendidos em leilão

Leilão de automóveis suscita sempre grande interesse. Lembra logo grandes marcas. Fique a saber quais os 10 carros mais caros de sempre vendidos em leilão.

Os carros mais caros de sempre vendidos em leilão
Visitar um leilão de automóveis implica ter a conta bancária bem recheada

Falar de automóveis, ou da história das marcas, leva por vezes à troca de ideias sobre os carros mais belos, mais desportivos, mais icónicos e, também os mais valiosos. Não são automóveis cuja aquisição possa ser realizada pelo método tradicional da visita a um concessionário ou até mesmo a um particular. Estamos a falar dos carros mais caros de sempre vendidos em leilão.

São leilões para automóveis especiais, ou muito exclusivos, quer seja pelo seu classicismo, quer seja pela raridade, por terem pertencido a alguém muito especial, ou por terem projetado uma marca numa determinada época.

O nosso subconsciente quando ouve as palavras leilão e automóveis começa logo a viajar e a somar “cifrões” (euros). Sim, porque para participar neste tipo de ações, por vezes dirigidas a um número restrito de participantes, é preciso estar ciente de que a conta bancária terá de estar bem recheada, pois os valores por vezes atingidos são estratosféricos e entram rapidamente no mundo “irreal”.

Os leilões têm ainda uma interessante componente. Por vezes, são o único meio de se poder estar perante automóveis de sonho. E numa busca pela Internet encontramos algumas “casas” de leilões com forte historial e que são especialistas neste tipo de iniciativas, sabendo bem como e quando as lançar para daí tirarem o maior dividendo possível, leia-se dezenas de milhares de euros que irão satisfazer o vendedor; enquanto a viatura mudará de mãos e irá preencher o “sonho” do comprador.

Não é por acaso que, em qualquer lista que se possa fazer, as marcas dominantes sejam Ferrari, Mercedes-Benz, Jaguar ou Aston Martin. Marcas icónicas todas com grande historial, não só no que diz respeito aos grandes turismos mas, também, às provas desportivas de que Le Mans, Mille Miglia ou Nürburgring são exemplo.

Lista dos 10 carros mais caros de sempre vendidos em leilão:

10.º Duesenberg SSJ (1935)

Duesenberg SSJ

Automóvel que fez parte da coleção Briggs Cunningham e das coleções Miles Collier. Trata-se de um dos dois únicos exemplares construídos. Foi entregue novo ao ícone de Hollywood Gary Cooper. Vendido por 18,9 milhões de euros pela Gooding & Company em 2018. Este é o valor mais alto obtido por um carro americano.

9.º Aston Martin DBR1 (1956)

Aston Martin DBR1

Este é o primeiro dos cinco DBR1 construídos. Vencedor dos 1000 km de Nürburgring (1959). Foi conduzido por Roy Salvadori, Stirling Moss, Jack Brabham e Carroll Shelby, entre outros, é ainda o modelo mais importante da longa história da Aston Martin. Vendido em 2017 por 19,3 milhões de euros pela RM Sotheby’s, não podia deixa de integrar a lista dos carros mais caros de sempre vendidos em leilão.

8.º Ferrari 410S (1955)

Ferrari 410S

Da história do Ferrari 410 S consta que apenas dois dos quatro exemplares construídos foram preparados de fábrica para corridas (0596 CM e 0598 CM). Estes carros foram mais tarde inscritos (janeiro de 1956), nos 1000 Km de Buenos Aires onde Peter Collins obteve a volta mais rápida da corrida, enquanto o outro carro foi conduzido por Juan Manuel Fangio. Vendido por 19,8 milhões de euros, em 2014, pela empresa Rick Cole Auction.

7.º Mercedes-Benz W196 Formula 1 Racer (1954)

Mercedes-Benz W196 Formula 1 Racer

Foi durante o Festival Goodwood em julho de 2013 que a leiloeira Bonhams obteve 19,6 milhões de euros pelo Silver Arrow W196R 006/54, conduzido por Juan Manuel Fangio. Atualmente existem 10 W196R. Três estão em museus e seis são propriedade da Mercedes-Benz. Apenas o modelo vendido Silver Arrow W196R 006/54 é o único a estar em mãos privadas e figura na lista dos carros mais caros de sempre vendidos em leilão.

6.º Ferrari 275 GTB/C Speciale by Scaglietti (1964)

Ferrari 275 GTB/C Speciale by Scaglietti

A lista prossegue com um modelo único. O primeiro de um conjunto de 3 berlinetta competizione construídos, com bloco V12, 320 cv, com seis carburadores Weber 38 DCN, transmissão manual de 5 velocidades, suspensão independente nas quatro rodas, suspensão superior e inferior do tipo wishbone e travões de disco nas quatro rodas. Vendido for 22,7 milhões pela RMSotheby’s, em 2014.

5.º Ferrari 275 GTB/4 S.N.A.R.T. Spider by Scaglietti (1967)

Ferrari 275 GTB/4 S.N.A.R.T.

Vendido por 23,7 milhões de euros, no encontro automóvel de Monterey, em agosto de 2013, pela RM Sotheby’s. Uma fantástica máquina com motor 3.286 cc, V12 com 300 cv. Transmissão manual de 5 velocidades, suspensão independente do tipo wishbone superior e inferior, travões de disco nas quatro rodas e estrutura de aço tubular.

4.º Ferrari 290 MM by Scaglietti (1956)

Ferrari 290 MM

Mais um desportivo carregado de história que não podia faltar na lista dos carros mais caros de sempre vendidos em leilão. Este Ferrari foi vendido, em 2015, em Manhattan, por 24,1 milhões de euros, no Sotheby’s “Driven by Disruption”. O Ferrari 290 MM by Scaglietti terminou no pódio na Mille Miglia e nos 1000 Km de Buenos Aires como carro da equipa da Scuderia Ferrari. Dos quatro modelos construídos, só três sobrevivem até hoje.

3.º Ferrari 335 Sport Scaglietti (1957)

Ferrari 335 Sport

O Ferrari 335 S é um carro de corrida construído em 1957-58. Apenas 4 desportivos foram produzidos. É uma evolução do 315 S, com motor V12, potência máxima de 390 cv às 7400 rpm e velocidade máxima de cerca de 300 km/h. Este modelo foi protagonista de acidente na Mille Miglia de 1957, levando ao cancelamento da corrida a partir de 1958. Vendido, em 2016, por 30,7 milhões de euros, em Paris, pela Artcurial.

2.º Ferrari 250 GTO Berlinetta (1962-63)

Ferrari 250 GTO Berlinetta

O Ferrari 250 GTO Berlinetta 1962 tornou-se no carro mais valioso da história a ser vendido (2014) em leilão no Bonhams ‘Quail Lodge Auction’ em Carmel Califórnia, por 32,8 milhões de euros. Curiosamente as vendas da Ferrari, em 1962 eram muito complexas e os compradores tinham de ser aprovados pessoalmente por Enzo Ferrari e por Luigi Chinetti, representante da marca italiana na América do Norte. 36 carros foram feitos nos anos 1962 e 1963.

1.º Ferrari 250 GTO (1962)

Ferrari 250 GTO

O primeiro na lista dos carros mais caros de sempre vendidos em leilão é o Ferrari 250 GTO, transacionado em 2018 por 41,7 milhões de euros pela RM Sotheby’s. É uma lenda no mundo automóvel sendo o terceiro de apenas 36 GTO construídos. É um dos quatro modelos que sofreu melhoramentos realizados pela Scaglietti. Contribuiu para a vitória da Ferrari no Campeonato Internacional de 1964 para os fabricantes de GT, com a vitória na classe, na mítica prova Targa Florio.

 

Veja também: