Publicidade:

Renda-se a Chefchaouen, a pérola azul de Marrocos

Chefchaouen é uma cidade de ruelas tingidas de um azul que faz despertar os sentidos. Perca-se neste exótico destino no Norte de Marrocos.

Renda-se a Chefchaouen, a pérola azul de Marrocos
Um destino para apreciadores de História, natureza, compras e gastronomia

Marrocos é um país que se veste de cores, sabemos disso, mas em Chefchaouen, uma das localidades mais pitorescas deste país poisado no Norte de África, é o azul a cor predominante.

Um azul vivo, brilhante, ao qual poucos ficam indiferentes. Situada no Noroeste de Marrocos, não muito longe de Tétouan, a cidade deve o seu nome ao sítio onde se encontra aninhada – entre as montanhas de Rife –, sendo que Chef significa “olhar” e Chaouen “chifres”.

Aqui, as ruas estreitas são povoadas por pouco mais de 40 mil habitantes e inúmeros edifícios caiados de azul, que fazem com o centro histórico sobressaia no cenário árido que o envolve e se funda com o céu, habitualmente limpo.

Um destino em tons de azul para todos os gostos


Mas não só de cores se faz um destino. Há muito mais para descobrir para além das portas e janelas caiadas de azul nesta cidade-pérola marroquina. Fundada em 1471 por Moulay Ali Ben Moussa Ben Rached El Alami, a cidade era então uma humilde povoação fortificada que, com o passar dos séculos, foi crescendo e, por influência judaica, crê-se, ganhando a cor que hoje a caracteriza. Actualmente, é um destino muito apreciado pela sua autenticidade e onde não faltam espaços para relaxar, explorar, fazer compras e coleccionar momentos.

Chefchaouen para amantes de história

Chefchaouen

Para melhor compreender as raízes da cidade, importa ir ao coração da mesma, a Praça Uta el-Hammam, onde para além dos vários restaurantes, lojas de artesanato e casas de chá, se encontra, de tom contrastante, o Castelo. Visite o Kasbah Museum, utilizado pelos mouros para defender o país dos Portugueses, e a Grand Mosque, ou Mesquita Grande, com o seu minarete octogonal, único no mundo.

Para apreciar a cidade e o seu envolvente como um todo, faça também uma visita à Mesquita Espanhola, construída em 1920 e recentemente renovada.

Chefchaouen para apreciadores da Natureza

Chefchaouen

Quando em Chefchaouen, é impreterível, para quem procura momentos de serenidade entre a natureza, uma viagem de meia hora de carro às cascatas de Akchour. O convite sugere calçado confortável, para o percurso da vila até às cascatas de águas verde esmeralda, fato de banho para nelas mergulhar e máquina fotográfica, para registar o impressionante cenário natural. Para exploradores mais ousados, o Parque Nacional de Talassemtane oferece variadas oportunidade de trekking por entre a imensa paisagem verde.

Chefchaouen para compradores natos

Chefchaouen

Marrocos é mundialmente famoso pelos imensos souks, verdadeiros paraísos para quem gosta de fazer compras. Chefchaouen não é excepção. Também aqui são vários os tecidos e tapetes, pratas, bules de latão, calçado de couro e outros artigos que despertam o bichinho shopaholic em quase todos os que se perdem pela medina. Para relaxar após um dia intenso de compras, mime-se com uma massagem num dos Hammam do centro, preferencialmente com vista para as montanhas.

Chefchaouen para foodies

chefchaouen

Centenas de especiarias, texturas e aromas tentadores. Chefchaouen é um destino perfeito para foodies. Aqui, deixe que o paladar se perca, pelo menos uma vez, por entre os sabores do típico tagine de Chefchaouen (um guisado de peixe, vegetais, especiarias e óleo, servido com couscous) e termine as refeições com um chá de menta, elemento importante do quotidiano marroquino por proporcionar momentos de partilha e conversas cativantes.

Veja também: