Publicidade:

Top Secret: CIA chegou ao Instagram e lançou desafio

A CIA chegou ao Instagram e fez uma primeira publicação cheia de pistas. Veja se as consegue decifrar sem ir ver as soluções. Não é missão impossível!

Top Secret: CIA chegou ao Instagram e lançou desafio
E já há várias publicações

Depois do Facebook e do Twitter, chegou a vez do Instagram. A CIA já tem conta numa das redes sociais mais utilizadas no mundo. O objetivo principal é chegar a cada vez mais pessoas (sobretudo jovens) de forma a mostrar-lhes as vantagens de trabalhar neste mundo.

CIA reforça a sua presença nas redes sociais


Não é habitual ter organizações que lidam diariamente com informação confidencial a “mostrarem-se” ao público desta forma. Contudo, é verdade que as redes sociais vieram estreitar relações entre este género de entidades (entre outras empresas e marcas) e o seu público.

A CIA não poderia ser exceção à regra e depois de ter criado uma conta no Twitter e no Facebook em 2014, chegou a vez de marcar presença no Instagram – uma das plataformas mais preferidas pelos utilizadores mais jovens.

O objetivo é, segundo a organização, atrair potenciais trabalhadores que, desta forma, se interessem pelo trabalho que é feito por uma das agências de inteligência mais importantes do mundo, e determinante para a defesa de países como os Estados Unidos da América.

Sendo uma agência que lida com assuntos top-secret, e após tanto tempo sem marcar presença numa rede social, a CIA quer claramente aproximar-se dos utilizadores ao publicar momentos e curiosidades sobre um mundo tão confidencial.

CIA lança desafio no Instagram

foto da cia

Fonte da Imagem: Instagram/CIA/Divulgação

Na biografia da sua mais recente rede social, pode ler-se: “We are the Nation’s first line of defense. We accomplish what others cannot accomplish and go where others cannot go“. É também a partir desta descrição que se percebe a seriedade desta organização, capaz de lidar com assuntos inimagináveis.

Mas, apesar do profissionalismo e descrição, a verdade é que a CIA tentou adaptar-se à realidade do Instagram ao publicar uma fotografia mais divertida do que seria de esperar. O primeiro post da organização é um verdadeiro desafio a todos os utilizadores que, sob o mote “I spy with my little eye…“, devem identificar todos os objetos que encontram na fotografia.

Na foto, pode ver-se uma secretária repleta de “pistas”, situada na sede da agência, em Virginia (EUA). Podem ver-se cadernos, fotografias, amuletos, livros, uma gabardine e até uma peruca. São vários os objetos espalhados pela secretária, que os utilizadores são desafiados a identificar.

Mas estes não são items escolhidos ao acaso, até porque um representante da CIA prontamente clarificou que se tratam de artigos pessoais, pertencentes a vários funcionários da agência, algo que torna a gestão da conta muito mais pessoal e intimista do que se julgaria.

E afinal, quantos objetos consegue identificar? Complete o desafio e depois confirme se lhe falhou alguma pista.

Claro que pode sempre fazer batota e ir seguindo as indicações que a seguir lhe deixamos. Mas fique desde já a saber que sem adivinhar pelo menos metade da lista não estará qualificado para ser um agente secreto. Então vamos lá decifrar a imagem da CIA, artigo por artigo.

  1. Uma planta, que serve como referência às “plantas” de inteligência estrangeira da CIA;
  2. Um relógio, cujos ponteiros apontam para 8:46h, hora exata em que um avião atingiu a Torre Norte do World Trade Center durante os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001;
  3. Um mapa da China, um dos principais opositores da América na Ásia;
  4. Uma coruja dourada, que representa Atena, deusa grega da sabedoria. Este objeto foi oferecido pelo Chief Operating Officer da CIA, Andy Makridis;
  5. Uma espécie de amuleto que se faz referência ao “mau olhado” – possivelmente para representar os perigos que os agentes da CIA enfrentam;
  6. Uma pintura onde se vê Tony Mendez, um agente da CIA que posou como cineasta de forma a resgatar 6 reféns dos EUA no Irão, em 1980;
  7. Um par de botões de punho, supostamente usados por agentes da CIA para se identificarem;
  8. Uma peruca cinzenta, supostamente usada por agentes secretos da CIA;
  9. Um cartão de identificação de Gina Haspel, Diretora da CIA;
  10. Um saco de top-secret, que contém uma substância usada para destruir evidências.

seguranca

O objetivo da CIA

De acordo com Gina Haspel, Diretora da CIA, a criação de uma conta no Instagram não tem como objetivo principal apenas mostrar o quotidiano da agência, mas sim transmitir curiosidades e partilhar momentos característicos da organização.

O Instagram foi a rede social escolhida pela abrangência que envolve e por ser uma tentativa clara da entidade de se modernizar e, assim, “entrar na Era Digital”, tal como afirmou Haspel, assumindo que o objetivo principal é recrutar uma nova geração de agentes e especialistas.

A escolha do Instagram foi óbvia para a Diretora da CIA, já que a maior parte dos utilizadores presentes nesta rede social tem menos de 30 anos. A organização não promete a partilha de selfies nem de informações confidenciais, mas garante muitos e bons momentos aos mais curiosos.

Resta seguir a página para estar a par de todas as partilhas da CIA, uma das maiores e mais importantes organizações do mundo, que chegou agora ao Instagram.

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.