Publicidade:

10 das cidades mais perigosas para os turistas: veja os cuidados a ter

Reunimos algumas das cidades mais perigosas do mundo e indicamos quais as cautelas que deve ter ao visitá-las. Descubra estes destinos, sem medos.

10 das cidades mais perigosas para os turistas: veja os cuidados a ter
Cidades que exigem cuidados especiais

Vamos falar-lhe de algumas das cidades mais perigosas do mundo para os turistas, mas não queremos com isto desincentivar a sua visita. Queremos apontar-lhe alguns dos principais perigos para que, assim saiba o que pode fazer para evitá-los, e ter uma estadia ótima e sem sobressaltos. Das intoxicações alimentares aos carteiristas, são diversos os problemas que pode ter de enfrentar nestas cidades mais perigosas do mundo, mas depois de os identificarmos, verá como será mais fácil precaver-se e saber o que fazer nessas situações.

10 das cidades mais perigosas do mundo e, simultaneamente, mais atrativas


1. Barcelona, ​​Espanha

bacelona

Assim como acontece em Roma, Praga e Paris, Barcelona é rica em carteiristas hábeis, que passam facilmente despercebidos. A zona das Ramblas é particularmente propícia a este género de furtos, onde pode perder bens como dinheiro ou, até, a geleira e saca de levar para a praia. Para além da rua, são frequentes os roubos em transportes públicos e quartos de hotel. O atentado que aqui teve lugar em agosto de 2017 foi ainda outro acontecimento que fez esta cidade entrar para a lista das mais perigosas.

2. Cairo, Egito

cairo

O Cairo é uma cidade lendária, cheia de encantos e com uma história e um património valiosíssimos. Porém, não se deixe enganar pelos seus resorts de luxo, cheios de comodidades e segurança. Esta é uma das cidades mais perigosas do mundo para as mulheres e a sua instabilidade política é propícia a conflitos, no qual os turistas podem ser “apanhados”. Além disso, é provável que seja enganado em muito do comércio e serviços para turistas, onde irão inflacionar bastante os preços e você irá comprar “gato por lebre”.

3. Pattaya, Tailândia

pattaya

Aqui o perigo não envolve tanto furtos ou motins. O maior risco em Pattaya é a sujidade, que não retira fama a este destino. Os mariscos são a principal causa das frequentes intoxicações alimentares, mas a carne e as saladas podem também esconder bactérias. Enquanto que os residentes comem todos os pratos com muitas especiarias, que matam todas as bactérias perigosas, os turistas despensam esses condimentos, estando por isso mais sujeitos a intoxicações. O segredo é comer como e com os moradores locais e esperar que todos os alimentos estejam em bom estado.

4. Joanesburgo, África do Sul

joanesburgo

A África do Sul é um país que reúne vários atrativos, nomeadamente naturais. Porém, as memórias do apartheid estão ainda muito frescas e, portanto, as questões raciais e de discriminação estão muito presentes. Os turistas brancos são bastante assediados, especialmente em Joanesburgo. Procure deslocar-se sempre de carro ou táxi e evite andar a pé.

5. Nápoles, Itália

napoles

Terá sido em Nápoles que a pizza foi criada e, apesar de um pouco suja, os encantos da cidade são inegáveis. Mais uma vez, terá de enfrentar a ameaça dos carteiristas que nesta região  operam em motas e, de um momento para o outro, passam por si e roubam-lhe a mala. Há também o hábito de se oferecerem para lavar o seu carro e, quando se aperceber de tal, já lhe estão a pedir dinheiro.

6. Tijuana, México

tijuana

Situada na fronteira entre os EUA e o México, esta é uma cidade popular mas de ambiente duvidoso. É um ponto de chegada de fugitivos e, também, uma zona de tráfico de droga. Por estas razões é uma área particularmente perigosa.

7. Mumbai, Índia

mumbai

Visitar a Índia requer, desde logo, alguns cuidados no que respeita ao clima, doenças locais e intoxicações alimentares, muito comuns pelo calor e ambiente sujo. Porém, as ameaças não se ficam por aqui. Logo à chegada a Mumbai, será cercado por uma multidão de sem-abrigo que procurará roubar algo aos mais incautos. Para além disso, as mulheres devem ter uma proteção especial, já que são os alvos preferidos para alguns ataques.

8. Rio de Janeiro, Brasil

rio de janeiro

Percorra sempre o Rio de Janeiro com um guia que o oriente e evite andar à noite no centro da cidade. Tenha atenção às favelas e bairros, mesmo quando têm um aspeto aparentemente inofensivo. Proteja bem os seus pertences e não arrisque aproximar-se de zonas potencialmente perigosas e associadas ao tráfico de droga.

9. Paris, França

paris

A cidade luz e romântica tem, também, o seu lado menos agradável. Nela existem muitos carteiristas, sem-abrigo e vendedores de rua muito agressivos e persistentes. Enquanto passeia, mantenha os seus pertences bem guardados e sempre debaixo de olho e tenha atenção a aproximações de pessoas a pedir informações. Por vezes, é uma tática para proceder ao assalto.

10. Dubai, Emirados Árabes Unidos

dubai

Usufrua ao máximo de tudo o que os magníficos hóteis do Dubai têm para oferecer, mas cuidado na hora de sair à rua. Embora muito ocidentalizada, a cidade continua a reger-se por princípios islâmicos mais extremistas para os ocidentais, pelo que especialmente as mulheres devem respeitar alguns códigos e procurar manter as pernas e os braços cobertos, de forma a evitar assédios.


Agora que já sabe quais são algumas das cidades mais perigosas do mundo, não se esqueça de ter uma postura adequada, caso visite alguns destes destinos. Guarde bem os seus pertences, não transporte bens de elevado valor e siga sempre as recomendações do guia, são algumas das medidas essenciais, especialmente se for turista em alguma destas cidades mais perigosas do mundo. Viaje sem medo, mas com todas as precauções e cuidados.

Veja também: