Publicidade:

13 coisas que está a fazer mal durante o banho

Sabe que há coisas que está a fazer mal durante o banho? Veja a lista e descubra se toma ou não banho corretamente, segundo as indicações dos especialistas.

13 coisas que está a fazer mal durante o banho
Erros que prejudicam a sua pele e cabelo

Dizerem-lhe que há coisas que está a fazer mal durante o banho pode parecer estranho e até ofensivo para quem, afinal, toma banho desde que se lembra de ser gente e existir.

Contudo, há hábitos que nos foram passados pelos nossos próprios pais e que, segundo os especialistas, não são os mais adequados, tendo em conta a saúde da nossa pele e cabelo. E porque, ao fim de contas, estamos sempre a aprender, vamos então descobrir o que achávamos estar a fazer bem, mas que afinal não está assim tão correto.

13 coisas que está a fazer mal durante o banho, para corrigir já


coisas que está a fazer mal ao tomar banho

1. Exagerar na água quente

Sabe bem, especialmente no inverno e nos dias frios, mas tomar banho com água muito quente remove muitos dos óleos naturais existentes na pele, além de potenciar inflamações, comichão e irritações cutâneas. Por isso, no próximo banho, modere a temperatura da água.

2. Tomar banhos muito longos

Embora sejam uma forma de relaxamento muito apreciada por todos, os especialistas defendem que o banho não deve durar mais do que 10 minutos, sob pena de tirar suavidade à pele, quando esta duração é amplamente ultrapassada.

3. Ensaboar todo o corpo por igual

Há partes do corpo mais sujeitas a sujidade e oleosidade do que outras. Por exemplo, a pele dos braços e das pernas não precisa ser ensaboada como outras áreas do corpo, mais propícias a odores desagradáveis, caso das axilas ou pés.

4. Usar produtos naturais

Não há qualquer problema em gastar um pouco mais de dinheiro num sabonete orgânico. Até mesmo porque, pode ser sempre mais benéfico para o meio ambiente. Contudo, não o faça só por achar que um sabonete natural tem mais benefícios para a pele e organismo. Isto porque, na verdade, os dermatologistas concluem que mesmo os produtos orgânicos podem destruir a bicapa lípida existente na pele, assim como as suas barreiras protetoras. Desta forma, o melhor é mesmo evitar produtos com corantes e fragrâncias artificiais.

5. Lavar o cabelo todos os dias

Independentemente, da extensão do cabelo, os especialistas não aconselham a lavagem diária do mesmo, aconselhando antes que as pessoas que têm o cabelo fino e delicado não lavem a cabeça mais do que duas vezes por semana. Já as que têm um cabelo mais forte, podem experimentar lavá-lo apenas uma vez de 7 em 7 dias.

6. Não substituir a esponja

Se costuma utilizar esponja para tomar banho, saiba que deve substituí-la a cada 4 semanas, sob pena de ela passar a ser um foco de bactérias e infeções, em vez de um elemento de limpeza. Além disso, é importante que após o banho retire a esponja e permita que ela seque, de modo a evitar a formação de fungos e outros agentes bacterianos.

7. Usar sempre o mesmo champô

Se com o passar dos anos, a pele envelhece e modifica-se, é certo que o mesmo acontece com o cabelo. A partir dos 50 anos de idade, os estudos indicam que o cabelo perde proteína, elasticidade e densidade.

Por essa razão, é importante que, especialmente a partir destas idades, passe a usar champôs sem sulfatos e, uma vez por mês, um condicionador com proteína para ajudar no fortalecimento do cabelo.

8. Não enxaguar corretamente

Muitos de nós, na agitação do dia-a-dia, fomos pouco cautelosos no banho e acabamos por sair da banheira ainda com espuma no corpo. Pois, fique a saber que não se enxaguar bem pode provocar dermatite irritativa, entre outros problemas de pele.

9. Depilar-se

Aproveitar o momento do banho para fazer a depilação é um hábito muito comum entre várias mulheres e, mesmo, homens. Contudo, o uso da gillette, sem quaisquer cremes ou espumas específicos, pode provocar irritações e vermelhidão na pele, pelo que deve evitar fazê-lo.

10. Exagerar no sabonete ou champô

Exceder a dose recomendada do gel de banho ou champô pode secar ainda mais a pele e ter um efeito nefasto sobre a mesma. No caso do champô e do condicionador, o seu sobreuso pode mesmo retirar brilho ao cabelo, além de secar, irritar e descamar o couro cabeludo.

11. Não espalhar bem o champô

O champô deve ser espalhado uniformemente por todo o cabelo e não concentrá-lo apenas no topo da cabeça. Já no caso do condicionador, ele deve ser espalhado do meio do cabelo até às pontas, fazendo uma massagem no couro cabeludo, sem friccionar em demasia os extremos.

12. Esquecer as unhas

Durante o banho, é importante não esquecer a correta lavagem das extremidades, nomeadamente das unhas que tanto lixo e sujidade acumulam. Para tal, deve ter na banheira uma escova de unhas, aplicar sobre ela o sabonete e esfregar bem, tanto as unhas dos pés, como as das mãos.

13. Não lavar as costas

Embora possa ser difícil, existem vários utensílios capazes de auxiliar na difícil tarefa de lavarmos as nossas próprias costas. Por isso, não há desculpas para não fazê-lo sempre, até porque esta zona do corpo é das mais propensas a acumular várias células mortas.

Veja também: