Publicidade:

12 coisas que não deve comprar no supermercado

Há coisas que não deve comprar no supermercado, seja por encontrar melhor ou mais barato noutras lojas ou, simplesmente, por não ser necessário.

12 coisas que não deve comprar no supermercado
Saiba o que não compensa comprar nas grandes superfícies

Os produtos à venda nas grandes superfícies comerciais passam por um grande controlo de qualidade e têm fama de ser mais baratos. Porém, nem sempre é assim. Há coisas que não deve comprar no supermercado, seja porque são mais caras ou porque na mercearia, na feira, no talho ou na peixaria as encontra mais em conta ou de qualidade superior.

Naturalmente, isto pode não se aplicar a todo o território português. Em algumas zonas pode ser melhor servido no supermercado do que no comércio tradicional, seja em preço ou em qualidade. Mas a nossa intuição diz-nos que vale a pena confirmar.

Para além disso, há coisas que não deve comprar, unicamente porque não há necessidade de o fazer. Veja de que produtos falamos e porquê.

12 coisas que não deve comprar no supermercado


1. Vegetais e frutas

vegetais vegetables

Na mercearia ou frutaria perto da sua casa, ou mesmo na feira semanal, os preços são frequentemente mais em conta e a qualidade é facilmente ultrapassada. Além disso, não compre fruta e legumes já preparados. Porquê? Duas razões: é mais caro e a qualidade, por vezes, deixa a desejar.

Quantas vezes abriu um pacote de salada preparada ou de legumes já cortados e deu com os alimentos melados ou podres? É preferível comprar a fruta e legumes inteiros porque depois de abertos estragam-se mais facilmente. O mesmo acontece quando abre um desses pacotes de legumes já cortados. Se não os utilizar nos dias seguintes, corre o risco de ter que deitar o resto fora.

2. Carne

carne meat

É muito possível que a carne que vendem no talho da sua zona seja mais barata e de melhor qualidade do que a embalada que traz do supermercado. Sabemos que a facilidade de ter tudo no mesmo local pesa na decisão, mas não deixe de avaliar e experimentar o talho mais próximo de si. É provável que se surpreenda com a qualidade do que vai encontrar, já para não falar do atendimento personalizado.

Lembre-se especialmente da carne picada. É sempre melhor escolher a carne no talho e pedir para picar, em vez de comprar no supermercado hambúrgueres e almôndegas previamente preparados.

3. Batatas congeladas

batatas potatoes

Esta é daquelas coisas que não deve mesmo comprar no supermercado. Vamos ignorar que o sabor destas batatas nem sempre é o melhor, para além de muitas marcas serem algo farinhentas, e falemos apenas de preços.

Um quilo de batatas congeladas de uma marca branca custa cerca de 1,50€. Já um quilo de batata branca custa, no supermercado, cerca de 0,55€. Mas se a comprar numa loja local consegue comprá-la por cerca de 0,40€. São mais baratas, mais saborosas e rendem muito mais. Só vantagens!

4. Produtos de limpeza

produtos de limpeza

Ainda compra produtos de limpeza no supermercado? Porquê, se pode fazer os seus próprios produtos de limpeza, por menos de 0,50€ por embalagem? Sem dúvida, uma das coisas que não precisa de comprar no supermercado.

5. Peixe

peixe fresco fresh fish

Se vive perto de um mercado de peixe, vale muito a pena fazer aí as suas compras. Os preços são mais em conta e a qualidade do peixe é muito superior. Se tem a sorte de viver numa zona costeira, onde diariamente consiga peixe fresco, não perca muito tempo a decidir. Mesmo que, em alguns casos, os preços possam não ganhar aos do supermercado, a frescura do peixe é garantida.

6. Produtos fora de época

produtos fora de epoca

Hoje em dia, podemos encontrar produtos como mirtilos, cerejas ou morangos durante todo o ano nas prateleiras do supermercado. No entanto, lá porque há cerejas em dezembro, não quer dizer que tenha que as comprar. Principalmente porque custam verdadeiras fortunas.

7. Ervas aromáticas

ervas aromaticas herbs

As ervas aromáticas dão aquele toque especial a qualquer prato. Mas se comprar um molho de coentros ou salsa no supermercado rapidamente os verá murchar. Também os podia comprar congelados, mas não é a mesma coisa, principalmente quando queremos uma folha fresca de manjericão para dar aquele toque especial a uma salada. A alternativa? Plantar as ervas aromáticas!

Mesmo que não tenha espaço adequado para ter uma horta em casa, há sempre um parapeito de uma janela para colocar pequenos vasos onde possa plantar as suas ervas. O cebolinho, por exemplo, cresce com uma rapidez impressionante. Faça uma experiência e vai ver como as ervas aromáticas entram na lista de coisas que não deve comprar no supermercado.

8. Molhos preparados

molho ketchup sauce tomates batatas fritas

Como muitos outros alimentos, os molhos têm muitos corantes e conservantes, para que possam durar mais tempo, para além das calorias e da gordura que contêm. Em alguns casos, podemos facilmente fugir a alguns destes produtos.

O molho de tomate é um deles. Tenha sempre em casa alguns tomates maduros e, se vir que não vai usar todos em pouco tempo, prepare-os, triture-os num processador e congele. O sabor da comida será mais natural e, garantidamente, mais saudável. Para dar mais sabor, tempere com sal, alho e outros ingredientes que considere relevantes, tendo em conta o prato que vai preparar.

Outros molhos, como o pesto, também se fazem com relativa facilidade em casa. Basta procurar uma receita e comprar os ingredientes necessários com antecedência.

Molhos de carbonara e bolonhesa são exemplos de molhos completamente dispensáveis, uma vez que as receitas comuns destes pratos nem sequer pedem a adição de molhos, que surgem naturalmente na confeção dos pratos.

Os molhos para saladas também são altamente calóricos, pelo que compensará mais, em todos os aspetos, temperar a salada com azeite, vinagre – se gostar –, sal e alguma das suas ervas aromáticas plantadas em casa.

9. Pipocas de microondas

pipocas

Sim, são mais rápidas de fazer e suja-se menos loiça, mas também têm um sabor mais artificial e não sabemos a quantidade de gordura utilizada para as preparar, assim como outros ingredientes e aditivos.

10. Especiarias de marca

especiarias

Cada vez mais, surgem espaços alternativos em Portugal. Uma das novidades mais recentes são as lojas que vendem a granel. Aí encontrará especiarias mais frescas, assim como outro tipo de alimentos. Também é possível que os preços sejam mais acessíveis, uma vez que as especiarias de marca têm preços muito elevados. Tudo isto faz das especiarias algo que não deve comprar no supermercado.

11. Chá engarrafado

cha

Os chás nunca passam de moda. E a moda acabou por engarrafá-los. Mas não vá em modas e continue a preparar o seu chá em casa, da forma tradicional. Os chás engarrafados nada têm a ver com os originais, acima de tudo porque têm grandes quantidades de açúcar. Nada de bom poderá vir daqui.

12. Água engarrafada

garrafa agua bottle water

De um modo geral, a água da torneira em Portugal tem bastante qualidade. Nesse caso, para quê comprar água engarrafada?

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro e não é responsável pelos produtos apresentados. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se quiser sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].