Publicidade:

Como circular nas rotundas: o que diz a lei

O novo Código de Estrada dedica um artigo que visa clarificar como circular nas rotundas, mas ainda há muitos condutores a adotarem comportamentos errados.

Como circular nas rotundas: o que diz a lei
Saiba o que diz a lei sobre este assunto

O novo Código de Estrada visa explicitamente preconizar os comportamentos de como circular nas rotundas corretamente. No entanto, circular nas rotundas continua a suscitar muitas dúvidas nos condutores e, consequentemente, vários comportamentos errados, como se percebe pelos mais de três mil condutores multados só nos dois primeiros anos de aplicação das novas regras (segundo dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária – ANSR).

Para a situação também contribui a diferente configuração das rotundas de Portugal. Saiba então como circular nas rotundas.

Como circular nas rotundas

como-circular-nas-rotundas

A lei é de aplicabilidade relativamente simples nas duas primeiras alíneas, e diz que:

  • Os condutores devem apenas entrar nas rotundas após cederem a passagem aos veículos que nela circulam, qualquer que seja a via por onde o façam, ou seja, quem já circula na rotunda tem prioridade;
  • Deve-se entrar e circular pela via da direita, se se pretender sair da rotunda na primeira via de saída, sinalizando antecipadamente quando pretender sair.

As dúvidas de como circular nas rotundas começam a surgir nas alíneas seguintes, que referem que:

  • Se pretender sair por qualquer das outras vias de saída, só deve ocupar a via de trânsito mais à direita depois de passar a via de saída imediatamente anterior àquela por onde deseja sair, aproximando-se desta de modo progressivo, mudando de via após tomar as devidas precauções;
  • Refere ainda que “os condutores devem utilizar a via de trânsito mais conveniente ao seu destino”.

Assim, resumidamente deve circular nas rotundas da seguinte forma:

  • Depois de ocupar, dentro da rotunda, a via de trânsito mais ajustada à saída que vai utilizar, deve aproximar-se progressivamente da via da direita, sinalizando a manobra para a direita após passar a saída imediatamente anterior à que pretende utilizar. Finalmente, pode mudar para a via de trânsito da direita antes da saída, sinalizando antecipadamente quando for sair, ou seja, à direita só antes de sair da rotunda.

Sublinhe-se a importância de que todas as manobras que impliquem deslocação lateral do veículo, decorrente da mudança de via de trânsito ou saída da rotunda, sejam previamente sinalizadas.

O novo “novo Código de Estrada” preconiza ainda uma exceção para veículos pesados, velocípedes e de tração animal. Estes podem circular sempre pela via mais à direita, mas têm o dever de ceder passagem aos veículos à sua esquerda que queiram sair, reduzindo a velocidade ou até parando, se necessário.

O não cumprimento das regras de como circular nas rotundas é sancionado com multas que vão dos 60€ até aos 300€, podendo ainda, em alguns casos, configurar uma infração grave, punida com a perda de dois pontos na Carta de Condução e inibição de conduzir de um a 12 meses.

Veja também: