Publicidade:

Como cortar bacalhau: 6 dicas

Há 1001 receitas com este alimento tão adorado pelos portugueses. Mas, antes de chegar à mesa, veja as melhores dicas de como cortar bacalhau.

Como cortar bacalhau: 6 dicas
O bacalhau é um dos peixes mais consumidos em Portugal

Se optar por comprar o peixe inteiro, em formato salgado e seco, como facilmente se encontra em qualquer supermercado, receberá de bom agrado estas dicas de como cortar bacalhau, de forma a aproveitar mais e melhor este peixe tão delicioso e apreciado em terras lusas.

Em primeiro lugar, no momento da compra, recomendamos que não se deixe seduzir pelo preço, pois, neste caso, o melhor bacalhau é mesmo o mais caro. Além disso, um bom bacalhau tem um cheiro muito característico e deve estar bem seco, sem sinal de humidade ao toque, bem como apresentar grande firmeza.

Desde os lombos até às abas, o bacalhau é bastante apreciado precisamente por poder ser totalmente aproveitado, tornando-o num alimento que rende bastante, como forma de compensar o seu preço elevado. Vamos descobrir os tipos deste peixe e como cortá-lo corretamente?

Diferentes tipos de bacalhau


Quando chega à banca do bacalhau nos mercados, supermercados ou lojas de rua, é natural ficar confuso com a variedade que encontra. Como tal, como decidir qual o melhor? Dependente da finalidade que vai dar ao peixe, atente aos diferentes tipos para saber como cortar bacalhau da melhor maneira:

  • Cod Gadus Morhua: É um tipo de bacalhau que tem a carne branca, macia e saborosa, que desmancha em lascas com facilidade. É ideal para assar ou para cozer em postas. As aparas laterais, por sua vez, e dado que se desfiam com facilidade, são ótimas para acompanhar com massas, saladas e recheio de folhados;
  • Ling: É um tipo de bacalhau mais baixo do que o anterior, mas também pode ser assado, principalmente a parte central. É mais barato, mas a carne é igualmente macia e saborosa;
  • Saithe: A carne deste bacalhau não é tão clara, mas mantém o lado macio e pode ser utilizada para saladas, risotos, bolinhos e iscas;
  • Zarbo: De todos os tipos de bacalhau este é o mais simples e o mais indicado para cozinhar bolinhos ou refogados;
  • Gadus Macrocephallus: Este tipo de bacalhau é bastante diferente dos anteriores, por possuir um aspeto mais rígido, que se verifica numa carne firme, difícil de desfazer em lascas. Como tal, é mais adequado para ensopados e recheios.

Como cortar bacalhau corretamente


bacalhau

Bacalhau comprado e… Falta cortar. Se não pediu que o cortassem na loja, saiba como o fazer corretamente em casa, de forma a aproveitar ao máximo e haver zero desperdício.

  1. Use uma faca bem afiada ou de serrilha, pois a carne é muito seca e as espinhas são grossas, e este tipo de material facilitará a tarefa;
  2. O tamanho das postas e lombos a cortar devem ter em conta a quantidade que será ingerida por indivíduo;
  3. Comece por cortar a cabeça e a cauda;
  4. Em seguida, deverá levantar a pele numa das extremidades e retirá-la com puxadas firmes, para não rasgar o peixe – auxilie com a faca;
  5. Depois corte os lombos e finalize separando-os das abas;
  6. Se obtiver lombos demasiado grandes, opte por cortar ao meio, na zona da espinha, que pode depois ser utilizada para fazer caldos ou ensopados.

O bacalhau está cortado: e agora?

Agora que o bacalhau está cortado, chega a hora de proceder ao seu correto armazenamento em casa. Um único peixe possibilita a criação de várias refeições, no estilo que mais gostar. Mas para que não se perca até ao resultado final, saiba o que deve fazer:

  • O bacalhau salgado, inteiro ou cortado, deve ser guardado numa bacia, limpa, seca e com tampa, num lugar frio;
  • Depois de dessalgado, pode guardar no congelador até 8 meses;
  • Antes de congelar, pincele com azeite, para evitar o ressecamento. Pode repetir este processo depois de descongelar o peixe e antes de cozinhar.

Agora que já sabe como cortar bacalhau em casa, não vai desperdiçar nenhum bocado do peixe que reina à nossa mesa. Bom apetite!

Veja também: