Publicidade:

10 dicas essenciais para saber como educar um filho

Saber como educar um filho não é tarefa fácil. Na verdade, as dúvidas são uma constante e, por vezes, os pais cobram demais a si mesmos.

10 dicas essenciais para saber como educar um filho
Saiba o que se torna fundamental na educação do seu filho

Muitas dúvidas surgem diariamente nas cabeças dos pais quando pensam em como educar um filho. Na verdade, os desafios diários são uma constante e os pais tendem a cobrar muito de si mesmos na busca por serem os melhores do mundo para os seus filhos. Em primeiro lugar, cada pai ou mãe deverá saber que não existe uma receita mágica. Assim, o que resulta numa família pode, no entanto, não funcionar na outra. Contudo, existem algumas dicas de como educar um filho, que são fundamentais para qualquer família feliz.

Algumas orientações sobre como educar um filho


Educar sem bater: 3 dicas essenciais

1. Estimule a autonomia

Uma das dicas essenciais de como educar um filho é estimular a autonomia do mesmo. Ou seja, não torne o seu filho demasiadamente dependente de si, porque um dia isso terá o seu preço. Se quer que ele venha a ser um adulto independente e desembaraço, preparado para as dificuldades da vida, não faça tudo por ele e deixe-o cair, para que possa aprender a levantar-se.

2. Estabeleça consequências para atitudes erradas

O seu filho precisa de saber que cada ato na vida tem a sua consequência. Perdoar-lhe tudo e não o levar a aprender com o erro não é a atitude mais sensata. Por exemplo, se o seu filho riscou a mesa da sala, deverá ser ele a limpar a mesma, para que aprenda que não o pode fazer. Se for mal-educado com alguém, pense num castigo que o impeça de cometer o mesmo erro no futuro

Veja a nossa lista de tarefas para os filhos, por idade >>

3. Não volte atrás com a palavra dada

Isto funciona para o bem e para o mal. Assim, se disse ao seu filho que o colocava de castigo se ele fizesse determinada atitude errada, mantenha a sua palavra. Por outro lado, se prometeu uma recompensa por determinada atitude, faça aquilo que tinha combinado com o seu filho.

4. Dedique tempo ao seu filho

Uma das partes fundamentais da educação de um filho é dedicar-lhe tempo de qualidade. Lembre-se de que o bom pai ou a boa mãe não são os que dão só prendas, mas aqueles que passam tempo com os seus filhos, atentos aos seus problemas e ansiedades, mas também dispostos a divertirem-se em conjunto.

5. Não exija que o seu filho seja algo que não é

Não deve esperar que o seu filho seja aquilo que sonhou que ele fosse. Aceite-o e ame-o exatamente como ele é e verá como ele será um ser humano com mais autoestima e segurança.

educar sem bater

6. Não discuta à frente do seu filho

Os filhos nunca deverão assistir a discussões dos pais. As divergências devem sempre ser evitadas, para o bem-estar da família. Contudo, caso existam, os filhos não se podem aperceber disso, nem o pai pode desautorizar a mãe ou vice-versa. A autoridade de cada um dos pais deve manter-se intacta na mente do seu filho.

7. Dê o exemplo

De que vale recomendar ao seu filho que aja de determinada forma se o pai ou a mãe fazem o contrário? Se pretender educar o seu filho com determinados valores, deve ser o primeiro a dar o exemplo.

8. Seja sincero

Dizer sempre a verdade ao seu filho é também uma atitude importante. Claro que deve ser sensível n forma de contar determinadas realidades mais duras, mas, ainda assim, deve fazê-lo.

9. Elogie o seu filho

Sempre que o seu filho alcance uma conquista, por mais pequena que possa parecer, deve valorizar esse esforço e elogiar! Compará-lo com colegas e amigas, diminuindo sempre o que ele faz é que não pode acontecer!

Saiba como fortalecer a autoestima das crianças >>

10. Ame o seu filho incondicionalmente

Por fim, um pai que educa bem é aquele que também ama de forma incondicional, aceitando o seu filho com todos os defeitos e virtudes inerentes.

Veja também:

Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.