Como eliminar pulgas: as melhores dicas

É dono de uma animal de estimação? Pode ter de lidar com parasitas. Chegou a altura de aprender como eliminar pulgas e proteger o seu bichinho.

“sponsored by fidelidade”
Como eliminar pulgas: as melhores dicas
Ponha fim a esta dor de cabeça

A possibilidade da sua existência causa arrepios a qualquer pessoa e, somos capazes de apostar, pensamentos de medo ao seu amigo de 4 patas. Conhecidas de longa data e assumidas inimigas de todos, as pulgas são uma das piores dores de cabeça para qualquer dono de um animal de estimação. O pior? É que, por mais que tentemos, parece que nunca sabemos ao certo como eliminar pulgas.

Não dão tréguas aos animais, atacam as pessoas que com elas se cruzam e, como se não bastasse, não querem largar a sua casa quando lá entram. As pulgas são um incómodo capaz de levar qualquer um ao desespero e quando se tem animais de estimação o pesadelo fica ainda pior. Mas se quer saber como pode livrar-se delas tem de perceber primeiro como sobrevivem, de modo a garantir que as mata definitivamente e protege a sua família.

Está na hora de acabar com o problema e aprender a preveni-lo no futuro. Tome notas e comece já a sua luta contra as pulgas.

Saiba como eliminar pulgas de forma eficaz


saiba como eliminar pulgas

A simples ideia de ter uma infestação de pulgas em casa é capaz de arrepiar a maior parte das pessoas. A verdade é que qualquer animal pode apanhar pulgas e depois transportá-las por onde quer que passe, o que, claro, inclui a sua casa. E, ao contrário do que pode pensar, a principal forma de transmissão não é o contacto com animais já afetados mas sim a presença em locais infestados com ovos de pulgas.

Em primeiro lugar, é importante que saiba bem o que é uma pulga. Trata-se de um pequeno inseto, com cerca de 3mm, de cor escura e que se alimenta do sangue de mamíferos – neste caso animais como cães, gatos, ratos e coelhos, entre outros. Apesar de não ter asas, a pulga move-se com grande facilidade graças à capacidade de saltar o equivalente a 150 vezes a sua altura.

Tem preferência por ambientes quentes e húmidos e é um parasita extremamente resistente, podendo viver até um ano. Para piorar a situação de donos e animais, as fêmeas conseguem depositar até 2 mil ovos o que explica o rápido crescimento das infestações.

Passam por três grandes fases de vida:

  • ovos – podem estar em qualquer lugar e ser transferidos para o pelo dos animais por contacto (a partir daí são transportados pelo animal e podem cair por onde ele passe, o que inclui tapetes, pavimentos e relva, entre outros);
  • larvas – quando os ovos eclodem nascem pequenas larvas que tendem a esconder-se em locais quentes e escuros, como os rodapés de uma divisão, por exemplo;
  • fase adulta – nesta fase a pulga é um parasita e precisa de um hospedeiro para sobreviver.

É quando atingem a fase adulta que as pulgas picam o hospedeiro para se alimentarem, sendo que podem ingerir até 15 vezes o seu peso. Durante a picada, a pulga segrega uma substância irritante que causa prurido intenso e pode mesmo causar alergias aos animais. Infelizmente, podem também atuar como vetores de doenças, como a febre tifoide ou parasitas intestinais, com consequências graves.

Posto isto, não admira que saber como eliminar pulgas seja uma prioridade para todos os donos de animais. Importa que conheça as melhores dicas para desinfestar a sua casa e livrar o seu amigo de 4 patas deste flagelo.

Como eliminar pulgas do animal

Antes de mais, o seu primeiro passo deve ser consultar um veterinário para que ele o aconselhe sobre qual a melhor forma de atuar e garantir a saúde e o bem-estar do seu fiel amigo. Atualmente, aquilo que não falta no mercado são diversos produtos que podem ser utilizados para eliminar estes parasitas do corpo dos seus animais de estimação:

  • Pipetas – formuladas para eliminar pulgas na sua forma adulta, podem ser colocadas na zona do cachaço do animal. Os princípios ativos das pipetas variam de acordo com a espécie do animal em que vão ser utilizadas, pelo que é importante que tenha atenção redobrada;
  • Coleiras antipulgas – com uma proteção geralmente mais duradoura do que a maior parte das alternativas (6 a 8 meses), as coleiras são a opção preferida por muitos donos. Deve comprar uma coleira adaptada ao tamanho e às necessidades do seu animal de estimação;
  • Comprimidos – neste caso poderá escolher entre comprimidos que apenas eliminam as pulgas e comprimidos que atuam também como prevenção. A duração da proteção e os princípios ativos destes fármacos varia, pelo que deve aconselhar-se com um veterinário;
  • Injetáveis – embora menos utilizados, os medicamentos injetáveis são também uma forma de eliminar pulgas. Neste caso, o desparasitante terá de ser administrado por um profissional de saúde.

Como eliminar pulgas de casa

Agora que já sabe como desparasitar o seu amigo de 4 patas, é crucial que saiba também desinfestar o seu lar – curiosamente, uma preocupação muitas vezes esquecida. Afinal, é no ambiente que rodeia o animal que se encontram os ovos e as larvas das pulgas, pelo que a sua eliminação e a limpeza da casa devem ser prioridades.

Em primeiro lugar, deve lavar todos os têxteis a alta temperatura. Isto significa que lençóis, mantas, tapetes e cortinados devem ser lavados ou até mesmo deitados fora. Terá também de limpar os estofos dos assentos, como os sofás e as cadeiras.

Deve depois aspirar toda a casa, não esquecendo nenhum recanto ou fissura. Uma boa ideia é colocar inseticida nos locais mais recônditos e que não consiga alcançar – há até quem o coloque mesmo dentro do aspirador, já que o saco pode ser uma fonte de contaminação.

Em alguns casos poderá ter de recorrer a medidas mais drásticas e contratar uma empresa de desinfestação. Não utilize produtos tóxicos para a sua família ou para o seu animal sem aconselhamento prévio.

Veja também: