Publicidade:

Como mudar de tarifário

Conheça as nossas dicas para mudar de tarifário de telemóvel. Saiba como mudar de tarifário e quais os cuidados a ter antes de proceder à mudança.

Como mudar de tarifário
Saiba como mudar de tarifário de telemóvel.

Se encontrou, ou lhe foi apresentado, um tarifário de telemóvel ou um pacote de serviços mais vantajoso que aquele que dispõe atualmente, pode sempre mudar de tarifário. No entanto, a concretização da mudança de tarifário de telemóvel nem sempre é fácil, particularmente quando está associada a um período de fidelização. Saiba quais os cuidados a ter antes de mudar de tarifário de telemóvel, bem como algumas dicas para o fazer.
 

Como mudar de tarifário de telemóvel

Antes de pedir a alteração de tarifário, saiba se está abrangido por algum período de fidelização. Se for o caso tem duas hipóteses: esperar que termine o período de fidelização para depois fazer a alteração ou pagar a indemnização estabelecida contratualmente para cancelá-lo antecipadamente.
 
Depois de analisar os tarifários existentes da sua operadora móvel e da concorrência e ter encontrado o mais adequado para si, geralmente, basta, no caso dos tarifários pré-pagos, aceder à área de cliente do portal da operadora em causa ou em alternativa ligar para o serviço de apoio ao cliente (chamada paga). Já no caso de a mudança implicar um pós-pago, deverá ter de preencher um formulário de adesão numa loja ou no portal da operadora.
 
Nas três operadoras móveis, a alteração de tarifário só é gratuita na primeira vez. Nas seguintes custa entre seis e oito euros e é, habitualmente, debitada diretamente do seu saldo, ou seja, terá que dispor do valor em causa no momento da alteração.
 

Dicas e cuidados a ter ao mudar de tarifário

  • Compare os preços de tarifários com os seus consumos habituais de chamadas, mensagens escritas e dados para encontrar o que melhor se adequa a si;

  • Peça todas as condições do novo tarifário;

  • Se a mudança de tarifário também implicar a mudança de operadora verifique se o telemóvel não está bloqueado à anterior rede móvel. Se estiver bloqueado poderá ter de pagar o desbloqueio. No caso de implicar mudar de operadora tenha também cuidado com a rescisão do contrato para não ficar com dois contratos em simultâneo;

  • Lembre-se que se o tarifário que vai mudar estiver associado a um pacote de serviços mais alargado (por exemplo, telemóvel, internet e tv), dificilmente poderá mudar o tarifário do telemóvel e manter as condições do restante pacote de serviços;

  • Saiba se existe contratualmente algum prazo para avisar a operadora de que pretende cancelar o seu tarifário e se sim for qual esse prazo;

  • Tenha em mente que a mudança de tarifário, muitas vezes, implica novo período de fidelização que pode ir até a um máximo de 24 meses.
 
Veja também: